O DESEMPENHO DA LINGUAGEM E ORGANIZAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL EM CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN POR MEIO DA ESCALA DE DESENVOLVIMENTO MOTOR

Autores

  • Mileide Cristina Stoco de Oliveira Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Fabiana Araújo Silva Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Tânia Cristina Bofi Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Augusto Cesinando de Carvalho Universidade Estadual Paulista – UNESP

Palavras-chave:

Síndrome de Down, Destreza Motora, Desenvolvimento Infantil, Crianças, Avaliação

Resumo

As principais características cognitivas encontradas em indivíduos com Síndrome de Down (SD) vinculam-se ao desequilíbrio na função reguladora dos genes, que provoca anormalidades estruturais e funcionais no sistema nervoso. Destacam-se alterações sinápticas devido à diminuição da densidade no córtex sensório-motor, o que influenciará na deficiência intelectual e na motricidade. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho da linguagem e organização espaço-temporal em crianças com SD. Participaram deste estudo dezoito crianças com SD, com a média de idade de 6± 2,04 anos, frequentadoras do Laboratório de Psicomotricidade e Centro de Estudos e Atendimentos em Fisioterapia e Reabilitação da Universidade Estadual Paulista (FCT/UNESP) de Presidente Prudente. Utilizou-se como instrumento a Escala de Desenvolvimento Motor, que avalia o desenvolvimento motor de crianças de 2 a 11 anos de idade. Conclui-se que das crianças avaliadas somente uma conseguiu realizar o teste respectivo a sua idade cronológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-05-22

Como Citar

Oliveira, M. C. S. de, Silva, F. A., Bofi, T. C., & Carvalho, A. C. de. (2015). O DESEMPENHO DA LINGUAGEM E ORGANIZAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL EM CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN POR MEIO DA ESCALA DE DESENVOLVIMENTO MOTOR. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 6(2), 94–101. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/1200

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)