ANÁLISE DO DESEMPENHO FUNCIONAL E PERFIL SÓCIODEMOGRÁFICO DE UMA POPULAÇÃO COM QUEIXA DE LOMBALGIA

Autores

  • Carolina Rodrigues Bortolatto
  • Mileide Cristina Stoco de Oliveira Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Fernanda Mayra Fajalle
  • Elaine Aparecida Lozano da Silva

Palavras-chave:

lombalgia, fisioterapia, questionário Roland Morris, ESF e SUS.

Resumo

O objetivo foi avaliar o desempenho funcional e caracterização de indivíduos com queixas de lombalgia de um grupo de exercícios terapêuticos de uma Estratégia de Saúde da Família (ESF). Foi realizado estudo transversal descritivo com 17 indivíduos, de idade média de 59 anos de ambos os sexos. O desempenho funcional foi avaliado pelo Questionário Roland Morris (RM) e a caracterização dos participantes foram a partir da coleta de dados sociodemográficos, antropométricos, localização da dor lombar, intensidade da dor pela Escala Visual Analógica (EVA). No perfil sociodemográfico a renda média foi de 1,64 salário. O índice de massa corporal variou de 22,39 a 38,91 Kg/m2. O escore do RM variou de 9 a 24 pontos de incapacidade funcional. Os resultados da EVA demonstraram que 41,2% dos indivíduos caracterizaram a dor lombar como intensa. Conclui-se que o comprometimento funcional dos indivíduos avaliados foi grave, causado pela presença de dores na coluna, principalmente, na região lombar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-12

Como Citar

Rodrigues Bortolatto, C., Oliveira, M. C. S. de, Mayra Fajalle, F., & Aparecida Lozano da Silva, E. (2017). ANÁLISE DO DESEMPENHO FUNCIONAL E PERFIL SÓCIODEMOGRÁFICO DE UMA POPULAÇÃO COM QUEIXA DE LOMBALGIA. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 8(2), 12–16. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/1663

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)