LIPOPEROXIDAÇÃO MUSCULAR EM RATOS TREINADOS SUBMETIDOS À RESTRIÇÃO HÍDRICA

Autores

  • Priscila Pagotto UNESP
  • Elisa Bizetti Pelai UNESP
  • Roselene Modolo Regueiro Lorençoni UNESP

Palavras-chave:

lipoperoxidação, músculo gastrocnêmio, restrição hídrica

Resumo

O estresse oxidativo pode ser definido como o excesso de espécies reativas de oxigênios que contém um elétron não pareado na sua órbita externa, caracterizados por grande instabilidade e reatividade e está associado a vários distúrbios do organismo. O objetivo foi verificar a lipoperoxidação do músculo gastrocnêmio de ratos treinados submetidos à restrição hídrica. A amostra foi constituída por 58 ratos adultos jovens, com 90 dias, alojados em gaiolas coletivas e divididos aleatoriamente em quatro grupos, GAS, GAE, GRHS, GRHE. O programa de treinamento foi realizado em esteira rolante três vezes por semana durante 12 semanas. Nos animais sacrificados 72 horas após o treinamento, temos que a restrição hídrica apresentou diferença significativa quando comparado a todos os grupos, mostrando níveis de estresse oxidativo maiores. Concluímos que a restrição hídrica induziu um maior estresse oxidativo quando associada ao treinamento físico no músculo gastrocnêmio de ratos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-08-18

Como Citar

Pagotto, P., Pelai, E. B., & Lorençoni, R. M. R. (2011). LIPOPEROXIDAÇÃO MUSCULAR EM RATOS TREINADOS SUBMETIDOS À RESTRIÇÃO HÍDRICA. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 3(1), 17–21. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/561

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)