PERFIL NUTRICIONAL DE IDOSOS HOSPITALIZADOS

Autores

  • Ludmila Pantaroto Lima Ribeiro UNOESTE
  • Larissa Sapucaia Ferreira Esteves Universidade do Oeste Paulista
  • Sabrina Alves Lenquiste Universidade do Oeste Paulista
  • Bianca Depiere Balmant Azevedo Universidade do Oeste Paulista

Palavras-chave:

envelhecimento, avaliação nutricional, desnutrição, estado nutricional, nutrição

Resumo

Este estudo teve como objetivo conhecer o perfil nutricional de pacientes idosos hospitalizados em um hospital público. Realizou-se pesquisa retrospectiva de 250 fichas de avaliação nutricional de idosos admitidos no serviço hospitalar, onde foram coletados dados antropométricos, diagnóstico nutricional e exames laboratoriais. Foi detectado prevalência de baixo peso e depleção de massa magra entre os idosos longevos, além de uma correlação significativa entre os níveis de albumina e creatina com a depleção muscular medida pela circunferência da panturrilha. Em relação a ingesta alimentar, observou-se que 14% ingeriram um valor menor do que o prescrito, sendo que os idosos longevos necessitaram de maior intervenção alimentar. Conclui-se que a incidência de risco nutricional e desnutrição entre idosos hospitalizados é maior entre os idosos longevos, e que neste grupo há uma correlação negativa entre os níveis séricos de albumina com IMC e CP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Sapucaia Ferreira Esteves, Universidade do Oeste Paulista

Doutora em Ciências pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Escola Paulista de Enfermagem (EPE) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), foi bolsista CAPES e é membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Administração dos Serviços de Saúde e Gerenciamento de Enfermagem – GEPAG da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Enfermeira Graduada em 2002 pela Universidade do Oeste Paulista, pós-graduada nos cursos de Enfermagem em Terapia Intensiva pela Universidade Filadélfia de Londrina (2004) e MBA em Gestão de Pessoas pela Faculdades Integradas Antonio Eufrásio de Toledo de Presidente Prudente (2008). Mestre em Educação pela Universidade do Oeste Paulista (2011). Atuou como assistente de coordenação de curso de graduação de 2009 a 2012. Atualmente é membro do Núcleo Docente Estruturante e coordenadora de atividades práticas e estágios do Curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências da Saúde de Presidente Prudente. Docente da Universidade do Oeste Paulista desde 2004 no curso de graduação em enfermagem. Coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso do Hospital Regional de Presidente Prudente, desde 2014. Membro do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior do Ministério da Educação. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Educação, Administração e Gerenciamento dos Serviços de Enfermagem e Saúde do Idoso. Atuando principalmente nos seguintes temas: estágio curricular supervisionado, gestão de pessoas, administração em enfermagem e saúde do idoso.

Sabrina Alves Lenquiste, Universidade do Oeste Paulista

Graduada em Nutrição pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas no ano de 2009. Mestre e Doutora em Alimentos e Nutrição pela Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Docente nos cursos de graduação em nutrição e biomedicina da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), com atuação nas disciplinas de Bromatologia e Composição de Alimentos, Análise dos Alimentos, Tecnologia dos Alimentos e Estágio Supervisionado em Saúde Coletiva. Possui experiência na área de compostos bioativos, nutrição e saúde, com ênfase em experimentação animal, análises de potencial antioxidante e caracterização / composição de alimentos. Desenvolve pesquisa relacionada ao estudo da obesidade e Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), bem como o potencial preventivo e de tratamento dos alimentos sobre essas doenças.

Bianca Depiere Balmant Azevedo, Universidade do Oeste Paulista

Nutricionista graduada pela Universidade do Oeste Paulista de Presidente Prudente - UNOESTE; Doutoranda em Ciências em Gastroenterologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - FMUSP. Mestre em Fisiopatologia e Ciência Animal, na área de agressão tecidual e celular, imunidade e nutrição pela UNOESTE; Especialista em Oncologia pelo Instituto Israelita Albert Einstein; Especialista em Avaliação do Ensino e do Aprendizado pela UNOESTE. Atualmente é docente da Universidade do Oeste Paulista no curso de Nutrição e pesquisadora do Laboratório de Nutrição e Cirurgia Metabólica do Aparelho Digestivo (LIM 35- Metanutri) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) . Tem experiência na área de nutrição clínica, atuando principalmente nos seguintes temas: oncologia, patologia da nutrição, avaliação nutricional, ensino e pesquisa em nutrição.

Referências

Cortez ACL, Silva CRL, Dantas EHM. Aspectos gerais sobre a transição demográfica e epidemiológica da população brasileira. Enf Brasil. 2019;18(5):2526-9720. https://doi.org/10.33233/eb.v18i5.2785.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo Demográfico. Projeção da população do Brasil e das Unidades da Federação, Disponível em: < https://www.ibge.gov.br/apps/populacao/ projecao/>. Acesso em: 18 de Dezembro de 2019.

Hudsara PAA, Oliveira FCE, São José JFB, Gomide CI, Alfenas RCG. Avaliação do estado nutricional de pacientes geriátricos. Rev Bras Nutr Clin. 2007;22(4):280-5.

Jacob Filho W, Souza RR. Anatomia e fisiologia do envelhecimento. In: Geriatria: undamentos, Clínica e Terapêutica. São Paulo: Atheneu ,1994:31-40.

Azevedo LC, Medina F, Silva AA, Campanella ELS. Prevalência de desnutrição em um hospital geral de grande porte de Santa Catarina/Brasil. ACM Arq Catarin Med. 2006;35(4):89-96.

Jansen AK, Silveira ALM, Oliveira MAB, Pimenta AM. Desfecho Terapêutico de Pacientes em Risco Nutricional Admitidos em um Hospital Universitário. Rev Min Enferm. 2013;17(3):658-64. https://doi.org/10.5935/1415-2762.20130048.

Ferguson M, Capra S, Bauer J, Banks M. Development of a valid and reliable malnutrition screening tool for adult acute hospital patients. Nutrition. 1999; 15(6):458-64. https://doi.org/10.1016/s0899-9007(99)00084-2.

Garcia ES, Errasquim BM, Castellano CS, Cruz-Jenthoft AJ. Importance of nutritional support in older people. Nestle Nutr Inst Workshop Ser. 2012;72:101-8. https://doi.org/10.1159/000339998.

Fernández AC, Casariego AV, Rodríguez IC, Pomar MDB. Eficacia y efectividad de las distintas herramientas de cribado nutricional en un hospital de tercer nivel. Nutr Hosp. 2015;31(5):2240-46. https://doi.org/10.3305/nh.2015.31.5.8606.

Waitzberg DL, Caiaffa WT, Correia MI. Hospital malnutrition: the Brazilian national survey (IBRANUTRI): a study of 4000 patients. Nutrition. 2001;17(7-8):573-80. https://doi.org/10.1016/s0899-9007(01)00573-1.

Borghi R, Meale M, Gouveia M, França J, Damião A. Perfil nutricional de pacientes internados no Brasil: análise de 19.222 pacientes (Estudo BRAINS). Rev Bras Nutr Clin. 2013;28(4):255-63.

Campos MAG, Pedroso ERP, Lamounier JA, Colosimo EA, Abrantes MN. Estado nutricional e fatores associados em idosos. Rev Assoc Med Bras. 2006;52(4):214-21.

Manual Orientativo: Sistematização do Cuidado de Nutrição. Associação Brasileira de Nutrição; organizadora: Marcia Samia Pinheiro Fidelix. São Paulo: Associação Brasileira de Nutrição, 2014.

Monteiro AMP, Dias FV, Ferreira AVM, Santos LC, Oliveira DR. Déficit nutricional em pacientes geriátricos atendidos em um hospital de pronto-socorro, em belo horizonte-mg. Rev. Min. Enferm. 2009;13(4):541-549.

Rubenstein LZ, Harker JO, Salva A, Guigoz Y, Vellas B. Screening for undernutrition in geriatric practice: developing the short-form mini nutritional assessment (MNA). J Gerontol A Biol Sci Med Sci. 2001;56 (6):M366-72. https://doi.org/10.1093/gerona/56.6.m366.

Rubenstein LZ. Assessment instruments. In: Abrams WB, Berkow RE. The Merck manual of geriatrics. Rahway, NJ: Merck Sharp & Dohme Research Laboratories, Division of Merck & Co; 1995.

Rosa COB, Silva BP, Balbino KP, Ribeiro SMR, Ribeiro AQ, Helena Firmino HH. Avaliação Nutricional de indivíduos internados em um hospital geral. O Mundo da Saúde, São Paulo. 2014;38(4):430-438. https://doi.org/10.15343/0104-7809.20143804430438.

Barkoukis K. Nutrition recommendations in elderly and aging. Med Clin N Am. 2016;100:1237–1250. https://doi.org/10.1016/j.mcna.2016.06.006.

Storti LB, Fabrício-Whebe SCC, Kusumota L, Rodrigues RAP, Marque S. Fragilidade de idosos internados na clínica médica da unidade de emergência de um Hospital Geral Terciário. Texto e Contexto Enfermagem. 2013;22(2):452-9. https://doi.org/10.1590/S0104-07072013000200022.

Silveira RE, Santos AS, Sousa MC, Monteiro TSA. Gastos relacionados a hospitalizações de idosos no Brasil: perspectivas de uma década. Einstein. 2013;11(4):514-20. https://doi.org/10.1590/S1679-45082013000400019.

Lima-Costa MFF, Guerra HL, Barreto SM, Guimarães RM. Diagnóstico da situação de saúde da população idosa brasileira: um estudo da mortalidade e das internações hospitalares públicas. Informe Epidemiológico do SUS. 2000;9(1):23-41. https://doi.org/10.5123/S0104-16732000000100003.

Mendes ACG, Silva Junior JB, Medeiros KJ, Lyra TM, Melo Filho DA, Sá DA. Avaliação do Sistema de Informações Hospitalares – SIH-SUS como fonte complementar na vigilância e monitoramento de Doenças de Notificação Compulsória. Informe Epidemiológico do SUS. 2000;9(2):67-86. https://doi.org/10.5123/S0104-16732000000200002.

Filho AIL, Matos DL, Afradique LGME, Peixoto SV, Costa MFL. Causas de internações hospitalares entre idosos brasileiros no âmbito do Sistema Único de Saúde. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento da Fundação Oswaldo Cruz e da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte-MG. 2004.

Francisco PMSB, Segri NJ, Borim FSA, Malta DC. Prevalência simultânea de hipertensão e diabetes em idosos brasileiros: desigualdades individuais e contextuais. Ciênc. Saúde Coletiva. 2018;23(11):3829-3840. https://doi.org/10.1590/1413-812320182311.29662016.

Costa KS, Francisco PMSB, Malta DC, Barros MBA. Fontes de obtenção de medicamentos para hipertensão e diabetes no Brasil: resultados de inquérito telefônico nas capitais brasileiras e no Distrito Federal, 2011. Cad Saude Publica. 2016;32(2):e00090014. https://doi.org/10.1590/0102-311X00090014.

Alvarenga MRM, Mendes MMR. O perfil das readmissões de idosos num hospital geral de Marília/SP. Rev Latinoam Enferm. 2003;1(3):305-11. https://doi.org/10.1590/S0104-11692003000300007

Mahan lk, Escott-Stump, S. Krause. Alimentos, nutrição e dietoterapia. 14ª edição. Elsevier. 2018:398-340.

Litchford MD. Laboratory assessment of nutritional status: bridging theory & practice. Greensboro,NC: CASE Software & Books; 2015.

Mahan lk, Escott-Stump, S. Krause. Alimentos, nutrição e dietoterapia. 14ª edição. Elsevier. 2018:413-415.

Brock F, Bettinelli LA, Dobner T, Stobbe JC, Pomatti G, Telles CT. Prevalência de hipoalbuminemia e aspectos nutricionais em idosos hospitalizados. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2016;24:e2736. https://doi.org/10.1590/1518-8345.0260.2736.

Levey AS, Bosch JP, Lewis JB, Greene T, Rogers N, Roth D. A more accurate method to estimate glomerular filtration rate from serum creatinina: a new prediction equation. Ann Intern Med. 1999;130:461-470. https://doi.org/10.7326/0003-4819-130-6-199903160-00002.

Morley JE, Argiles JM, Evans WJ, Bhasin S, Cella D, Deutz NE, et al. Nutritional recommendations for the management of sarcopenia. J Am Med Dir Assoc. 2010;11(6):391-396. https://doi.org/10.1016/j.jamda.2010.04.014.

Janssen I, Shepard DS, Katzmarzyk PT, Roubenoff R. The healthcare costs of sarcopenia in the United States. J Am Geriatr Soc 2004;52:80–85. https://doi.org/10.1111/j.1532-5415.2004.52014.x

Correia A, Fabo DC, Urbano lS. A importância da avaliação da circunferência da panturrilha em idosos. In VII Congresso Multiprofissional Nacional em Saúde - Qualidade de vida: um desafio contemporâneo. 2013;1:15-18.

Pícoli TDS, Figueiredo LLD, Patrizzi LJ. Sarcopenia e envelhecimento. Fisioterapia em movimento. 2011;24(3):455-462. https://doi.org/10.1590/S0103-51502011000300010

Fruchtenicht AVG, PoziomycK AK, Reis AMD, Galia CR, Kabke GB, Moreira LF. Estado inflamatório e nutricional de pacientes submetidos à ressecção de tumores gastrointestinais. Rev Col Bras Cir. 2018;45(2):e1614. http://dx.doi.org/10.1590/0100-6991e-20181614

Santos RP, Pereira MABC, Santos RTA, Tako KC, Carvalho EA, Valença IVRM. Avaliação nutricional de idosos hospitalizados com síndrome do imobilismo. Int J Nutr. 2018;11(S01):S24-S327. https://doi.org/10.1055/s-0038-1674481

Soares ALG, Mussoi TD. Mini-avaliação nutricional na determinação do risco nutricional e de desnutrição em idosos hospitalizados. Rev Bras Nutr Clin. 2014;29(2):105-10.

Silva DJS, Guimarães VAMS. Perfil Nutricional de Idosos internados em um hospital público na cidade de Caxias. Rev Soc Dev. 2019;8(4):e3984931. https://doi.org/10.33448/rsd-v8i4.931.

Rodrigues FN, Ramos JR, Pádua CD, Pasquini TAS. Aceitação alimentar de pacientes internados em hospital privado. E-RAC. 2013;3(1):0

Silva DMM, Santos CM, Moreira MA. Perfil nutricional de pacientes internados em um hospital público de Recife-PE. Rev Dest Acad. 2016;8(3):97-108. https://doi.org/10.22410/issn.2176-3070.v8i3a2016.1204

Gilmore SA, Robinson G, Posthauer ME, Raymond J. Clinical indicators associated with unintentional weight loss and pressure ulcers in elderly residents of nursing facilities. J Am Diet Assoc. 1995;95(9):984-92. https://doi.org/10.1016/S0002-8223(95)00271-5

Downloads

Publicado

2022-06-10

Como Citar

Pantaroto Lima Ribeiro, L., Sapucaia Ferreira Esteves, L., Alves Lenquiste, S. ., & Depiere Balmant Azevedo, B. (2022). PERFIL NUTRICIONAL DE IDOSOS HOSPITALIZADOS. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 13(3), 13–24. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/4004