AVALIAÇÃO DOS EFEITOS AGUDOS DA PRESSÃO POSITIVA CONTINUA NAS VIAS AÉREAS EM PORTADORES DE DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA EXACERBADO (FASE PÓS-AGUDA)

Autores

  • Kelly de Andrade Souza Prado
  • Milena de Oliveira Saltão
  • Ellene Cristine Lopes
  • Flávio Danilo Mungo Pissulin
  • Claudio Spinola Najas

Palavras-chave:

dpoc, exacerbada, cpap, efeitos agudos, desfecho

Resumo

O presente estudo visa avaliar os efeitos agudos da CPAP em portadores de DPOC exacerbado (fase pós-aguda), assim como a influência no desfecho da internação hospitalar. Foram selecionados 30 indivíduos portadores de DPOC exacerbado, orientados, submetidos ao uso da CPAP por 60 minutos, na posição semi-fowler (45º), verificada a f, SpO2, FC e PA e conectada a CPAP com máscara orofacial. Posteriormente, foram acompanhados para a verificação do desfecho da internação hospitalar. Apresentaram classificação GOLD leve 10%, moderado 43% e grave 47%, média de idade de 68.7 ±10.94 anos. Com relação ao desfecho da internação hospitalar foi observado que 11 indivíduos foram a óbito (36.67%), 16 indivíduos passaram por internação na UTI por um tempo médio de 4.0 ±3.0 dias. A indicação da CPAP nos portadores de DPOC exacerbado incluídos neste estudo produziu efeito agudo positivo pela melhora da SpO2. Entretanto, não houve influência no desfecho da internação hospitalar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-07-04

Como Citar

de Andrade Souza Prado, K., de Oliveira Saltão, M., Cristine Lopes, E., Danilo Mungo Pissulin, F., & Spinola Najas, C. (2016). AVALIAÇÃO DOS EFEITOS AGUDOS DA PRESSÃO POSITIVA CONTINUA NAS VIAS AÉREAS EM PORTADORES DE DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA EXACERBADO (FASE PÓS-AGUDA). Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 8(1), 16–21. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/1537

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)