TUTELA PROVISÓRIA ANTECEDENTE: EM BUSCA DA EFETIVIDADE DA PROTEÇÃO JURÍDICA DO MEIO AMBIENTE NO CONTEXTO DO ACORDO DE ESCAZÚ

Autores

  • Silas Silva Santos Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Geovanna Carrijo dos Santos Dalefi Andrade Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE

Palavras-chave:

Acordo de Escazú, Tutela de urgência antecedente, Princípios ambientais

Resumo

O presente trabalho busca compreender o instituto da tutela de urgência antecedente no contexto do Acordo de Escazú. Para isso, comentam-se os motivos que levaram à formação desse acordo e apresentam-se alguns de seus artigos mais relevantes. Distinguem-se ainda os princípios da precaução e prevenção, os quais são vocacionados a protegerem o meio ambiente. O artigo também traz o conceito de tutela provisória de urgência e demonstra suas espécies. Aprofunda-se a análise da tutela provisória de urgência antecedente como instrumento destinado a garantir a efetividade jurisdicional na tutela do meio ambiente, chegando-se à conclusão de que aquele instituto se apresenta em sintonia com os compromissos assumidos pelo Brasil no âmbito do Acordo de Escazú. Para a concretização desta pesquisa e visando alcançar seus objetivos, aplicou-se o método hipotético dedutivo, produzindo-se uma pesquisa essencialmente exploratória. Para tanto, valeu-se de leitura e fichamento de livros, artigos científicos, revistas jurídicas, leis e jurisprudência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Ursula Ribeiro de. Tutela de urgência no direito ambiental: instrumento de efetivação do princípio da precaução. São Paulo: Atlas, 2015.

ALVIM, Arruda. Manual de direito processual civil. 19 ed. São Paulo: RT, 2020.

ANTUNES, Paulo de Bessa. Manual de direito ambiental. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2015.

BALBÍN, Aída Gamboa et al. La senda de sociedad civil hacia el Acuerdo de Escazú en América Latina y el Caribe. Lima: DAR, 2019. 91 p. Disponível em: https://www.dar.org.pe/archivos/publicacion/200_escazu_regional.pdf. Acesso em: 13 jan. 2021.

BELTRÃO, Antônio F.G. Curso de direito ambiental. 2 ed. São Paulo: Método, 2014.

BENJAMIN, Antonio Herman De Vasconcellos e. A proteção do meio ambiente nos países menos desenvolvidos: o caso da América Latina. Revista de Direito Ambiental. São Paulo, 1995. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/16019248.pdf. Acesso em: 13 jan. 2021.

BRASIL. Código de Processo Civil. Lei nº 13.105, 16 de março de 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13105.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Superior Tribunal de Justiça. (1ª Turma). Agravo Interno no Pedido de Tutela Provisória. Processual Civil. Agravo interno na tutela provisória. Código de Processo Civil de 2015. Aplicabilidade. Constitucional. Ambiental. Processual civil. Contracautela. Tutela provisória de urgência. Art. 300 do Código de Processo Civil. Requisitos. Presença. Direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. Fumus boni juris. Interesse difuso. Princípios da prevenção e precaução. Inversão do ônus probatório. Súmula n. 618/STJ. Medida liminar concedida na origem. Revisão. Súmula n. 7/STJ. Periculum in mora em favor da proteção ambiental. Argumentos insuficientes para desconstituir a decisão atacada. Aplicação de multa. Art. 1.021, § 4º, do Código de Processo Civil de 2015. Descabimento. Agravo Interno no Pedido de Tutela Provisória nº 2.476/RJ. Relatora: Ministra Regina Helena Costa. 01 set. 2020. Disponível em: https://scon.stj.jus.br/SCON/GetInteiroTeorDoAcordao?num_registro=201903638011&dt_publicacao=02/10/2020. Acesso em: 07 jun. 2021.

BRASIL. Superior Tribunal de Justiça. (1ª Turma). Recurso Especial. Ação Civil Pública. Dano ambiental. Agravo de instrumento. Prova pericial. inversão do ônus. Adiantamento pelo demandado. Descabimento. Precedentes. Recurso Especial nº 1.049.822/RS. Relator: Ministro Francisco Falcão. 23 abr. 2009. Disponível em: https://scon.stj.jus.br/SCON/GetInteiroTeorDoAcordao?num_registro=200800840619&dt_publicacao=18/05/2009. Acesso em: 11 jun. 2021.

BRASIL. Tribunal Regional Federal da 1º Região. (5º Turma). Agravo de Instrumento. Constitucional, administrativo e ambiental. Ação civil pública. Degradação ambiental. Área de preservação permanente. Tutela cautelar inibitória (indisponibilidade de bens). Princípios da prevenção e da precaução. Agravo de Instrumento nº 0025618-20.2016.4.01.0000/MG (d). Relator: Desembargador Federal Souza Prudente. 12 set. 2018. Disponível em: https://arquivo.trf1.jus.br/PesquisaMenuArquivo.asp?p1=00256182020164010000. Acesso em: 09 jul. 2021.

BUSETTI, Caroline. Dupla dimensão do princípio jurídico da precaução: princípio substantivo e instrumento de gerenciamento do risco ambiental. 2014. 124 f. Dissertação- Universidade de Caxias Do Sul, Caxias do Sul, 2014. Disponível em: https://repositorio.ucs.br/handle/11338/782. Acesso em: 05 jan. 2021.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes; LEITE (organizadores). Direito constitucional ambiental brasileiro. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2015.

CEPAL. Acordo Regional sobre Acesso à Informação, Participação Pública e Acesso à Justiça em Assuntos Ambientais na América Latina e no Caribe 04 de março de 2018. Disponível em: https://repositorio.cepal.org/bitstream/handle/11362/43611/S1800493_pt.pdf. Acesso em: 01 maio 2020.

DIDIER JR., Fredie; BRAGA, Paula Sarno; OLIVEIRA. Rafael Alexandria de. Curso de direito processual civil. Vol. II. 13 ed. Salvador: JusPodivm, 2018.

FIORILLO, Celso Antonio Pacheco. Curso de Direito Ambiental Brasileiro. 20 ed. São Paulo: Saraiva, 2020.

MACHADO. Paulo Affonso Leme. Estudos de direito ambiental 3. São Paulo: Malheiros, 2019.

MARINONI, Luiz Guilherme. Antecipação da tutela. 10 ed. São Paulo: RT, 2008.

MARINONI, Luiz Guilherme. Tutela de urgência e tutela da evidência: soluções processuais diante do tempo da justiça. 3 ed. São Paulo: RT, 2019.

MARTÍN, Carmen Plaza. Proteção ao meio ambiente e participação pública: a evolução recente na Espanha e em âmbito internacional. Veredas do Direito. Belo Horizonte, v.16, n.35, p.11-35, maio/ago., 2019, p. 15). Disponível em: http://revista.domhelder.edu.br/index.php/veredas/article/view/1543. Acesso em: 08 jan. 2021.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. A tutela jurisdicional de urgência em matéria ambiental. Revista Consultor Jurídico, dez. 2017. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2017-dez-30/ambiente-juridico-tutela-jurisdicional-urgencia-materia-ambiental. Acesso em: 28 dez. 2020.

MILARÉ, Édis. Reação jurídica à danosidade ambiental: contribuição para o delineamento de um microssistema de responsabilidade. 2016. 362 f. Tese- Pontifícia Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016, p. 193, grifos do autor. Disponível em: https://sapientia.pucsp.br/handle/handle/18874#preview-link0. Acesso em: 07 jun. 2021.

MITIDIERO, Daniel. Antecipação da tutela: da tutela cautelar à técnica antecipatória. 4 ed. São Paulo: RT, 2019.

MORAES, Gabriela Bueno de Almeida. O princípio da precaução no direito internacional. 2011. 211 f. Dissertação- Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2135/tde-03092012-111415/pt-br.php. Acesso: 05 jan. 2021.

OLIVEIRA, Fabiano Melo Gonçalves de. Direito ambiental. 2 ed. Rio de Janeiro: Forense, 2017.

ONU. Organização das Nações Unidas. Declaração do Rio de Janeiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Rio de Janeiro, 1992. Disponível em: https://www.defensoria.ms.def.br/images/nudedh/sistemas_onu/22_-_Declara%C3%A7%C3%A3o_do_RJ_sobre_meio_ambiente_e_desenvolvimento_-_1992_-_OK.pdf. Acesso em: 04 maio 2021.

PIZZOL, Patricia Miranda. Tutela coletiva: processo coletivo e técnicas de padronização das decisões. São Paulo: RT, 2020.

SARLET, Ingo Wolfgang; FENSTERSEIFER, Tiago. Curso de direito ambiental. Rio de Janeiro: Forense, 2020.

VIEGAS, Eduardo Coral. Princípio da prevenção no Direito Ambiental repercute no exame das tutelas provisórias. Revista Consultor Jurídico, fev. 2017. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2017-fev-11/ambiente-juridico-principio-prevencao-ambiente-reflete-tutelas-provisorias. Acesso em: 28 dez. 2020.

WAMBIER, Luiz Rodrigues (coordenação). Curso avançado de processo civil. Vol. 3. São Paulo: RT, 2006.

ZAVASCKI, Teori Albino. Antecipação da tutela. 7 ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

Downloads

Publicado

2021-12-10

Como Citar

Santos, S. S., & Andrade, G. C. dos S. D. (2021). TUTELA PROVISÓRIA ANTECEDENTE: EM BUSCA DA EFETIVIDADE DA PROTEÇÃO JURÍDICA DO MEIO AMBIENTE NO CONTEXTO DO ACORDO DE ESCAZÚ. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 5(1), 71–82. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/cs/article/view/4220

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)