ANÁLISE DE METAIS POTENCIALMENTE CONTAMINANTES NOS PEIXES DO RIO TAQUARI, BACIA DO RIO PARAGUAI, MUNICÍPIO DE COXIM-MS

Autores

  • Jéssica Girello Mota Viana Instituto Federal de Mato Grosso do Sul
  • Geilson Rodrigues da Silva UFMS/PPEC
  • Hygor Rodrigues de Oliveira Instituto Federal de Mato Grosso do Sul

Palavras-chave:

Peixes; Contaminantes Inorgânicos; Rio Taquari.

Resumo

Nesta pesquisa tivermos o objetivo de realizar as análises nos peixes do rio Taquari, capturados na região norte do estado de Mato Grosso do Sul, microrregião de Coxim. Foram estudadas as concentrações dos metais Cd, Cu, Pb, Fe, e Ni no tecido muscular e trato digestivo de treze espécies do rio Taquari, com o intuito de quantificar e comparar as concentrações destes analitos presentes nestes peixes com as regulamentações de contaminantes inorgânicos do Brasil (MERCOSUL) e do exterior (FAO/WHO), possibilitando assim indicar se estão dentro dos padrões aceitáveis. As análises foram feitas utilizando o método de Espectrometria de Absorção Atômica com Chama e os resultados obtidos indicam que em todas as espécies não houve detecção de Cd e Pb, o que significa que as concentrações destes elementos ficaram abaixo do limite de detecção. Para Fe, Cu e Ni não foram encontrados limites estipulados por estas legislações. Por fim, as análises mostraram que não existem grandes fatores de contaminação por metais potencialmente contaminantes por alimentação do pescado do rio Taquari para a população, sendo sugerido novas pesquisas para monitoramento sazonal.

 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Jéssica Girello Mota Viana , Instituto Federal de Mato Grosso do Sul

    Graduada em Química Licenciatura Plena pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS) Campus Coxim (2016/2020). Projeto de Iniciação Científica na área de Química Analítica Ambiental (PIBIC - 2017/2019). Estágio como docente em sala de aula nas instituições: Federal, Estadual e Particular (2018/2019), estágio remoto em instituição federal com uso de videoconferência e TDICs (2020). Experiência com aulas práticas de laboratório em Projeto de Extensão (PROEX - 2018/2019). Auxiliar técnico em laboratórios de química no IFMS (SEDHAST/IFMS - 2018/2020). Áreas de concentração: Química Analítica Ambiental e Aulas com uso da Química Experimental.

  • Geilson Rodrigues da Silva, UFMS/PPEC

    Licenciado em Química pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul e nesse período atuei como aluno de iniciação científica PIBIC-CNPq por quatro anos. Licenciado em Física e Matemática pela UNIMES. É Mestre em Ensino de Ciências pelo Programa de Pós- Graduação em Ensino de Ciências (PPEC) pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Doutorando em Ensino de Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências (PPEC). Atuei na coorientação de projetos de pesquisa para as seguintes Feiras Científicas: Feira de Ciência e Tecnologia de Coxim (FECITECX-IFMS), Feira de Ciências e Inovação da região Norte de Mato Grosso do Sul (FECINORTE- E.E. Viriato Bandeira), Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (FETECMS-UFMS). Desenvolvo pesquisas nas seguintes linhas: Ensino de Ciências especificamente na História, Epistemologia e Sociologia da Ciência, Natureza da Ciência, Divulgação e Popularização Científica, Iniciação Científica na Educação Básica, Profissional e no Ensino Superior, Educação e Ensino pela Pesquisa, Ensino de Astronomia, Ensino de Ciências na Educação Profissional, Educação Ambiental Crítica, Filosofia da Tecnologia, Epistemologia da Cosmologia, da Bioquímica e Imunologia, bem como, em Química Ambiental. É membro do grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Ensino de Ciências (UFMS). Atualmente é Coordenador da Área de Ciências da Natureza na E.E. Viriato Bandeira.

  • Hygor Rodrigues de Oliveira , Instituto Federal de Mato Grosso do Sul

    Graduado em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2008) e Mestrado em Química Analítica pela mesma instituição (2011) e Doutorado em Química pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (2016). Atualmente é coordenador institucional do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid)e professor do curso de Licenciatura em Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul, campus Coxim. Desenvolve Pesquisas nas área de Química Analítica e Ensino de Química. Em Química Analítica desenvolve pesquisas com ênfase em Análise de Traços e Química Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: Determinação de metais em águas, sedimentos e alimentos. Na área de ensino trabalha no desenvolvimento de jogos educacionais para o ensino de química

Referências

ANGHEBEN, F, M. et al. Concentração de metais em peixes de diferentes níveis tróficos, ocorrentes no Rio das Antas, RS-Brasil. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, v. 8, n. 4, p. 152-164, 2019. https://doi.org/10.19177/rgsa.v8e42019152-164

BARBOSA, V. F. et al. Avaliação química, ecotoxicológica e genotoxicológica de águas de cavas de mineração a céu aberto. Engenharia Sanitária e Ambiental. v. 24, n. 1, p. 131-142, 2019. https://doi.org/10.1590/s1413-41522019176320

BARROS, S. V. A. et al. Imobilização de metais pesados presentes nos resíduos de quartzito por meio da incorporação em argamassa com substituição total do agregado natural. Engenharia Sanitária e Ambiental. v. 25, n. 6, p. 833-845, 2020. https://doi.org/10.1590/s1413-4152202020180063

BRASIL. Ministério da Saúde. Resolução - RDC nº 42, de 29 de agosto. Dispõe sobre o Regulamento Técnico MERCOSUL sobre Limites Máximos de Contaminantes Inorgânicos em Alimentos. Brasília: MS, 2013.

COLLISCHONN, W.; TUCCI, C. E. M. Aspectos da Hidrologia da Bacia do Alto do Rio Taquari. RHAMA, v. 1, n. 1, p. 25, 2002.

FAO/WHO - Codex alimentarius commission working document for information and use in discussions related to contaminants and toxins in the Gsctff. 2017. Disponível em http://www.fao.org/tempref/codex/Meetings/CCCF/CCCF5/cf05_INF.pdf. Acesso em: 10 jun. 2020.

FERREIRA, A. P.; HORTA, M. A. P.; CUNHA, C. L. N. Avaliação das concentrações de metais pesados no sedimento, na água e nos órgãos de Nycticorax nycticorax (Garça-da-noite) na Baía de Sepetiba, RJ, Brasil. Revista da Gestão Costeira Integrada, v. 10, n. 2, p. 229-241, 2010. https://doi.org/10.5894/rgci186

GALDINO, S.; VIEIRA, L. M.; PELLEGRIN, L. A. Impactos ambientais e socioeconômicos na Bacia do Rio Taquari – Pantanal. Corumbá, MS: EMBRAPA Pantanal, 2006.

LIMA, V. F.; MERÇON, F. Metais pesados no ensino de química. Revista Química Nova na Escola, v. 33, n. 4, p. 199, 2011.

RUPPENTHAL, J. E. Toxicologia. Santa Maria, RS: Universidade Federal de Santa Maria, Colégio Técnico Industrial de Santa Maria; Rede e-Tec Brasil, 2013. 128 p.

SAMPAIO, A. C. S. Metais pesados na água e sedimentos dos rios da Bacia do Alto Paraguai. 2003. 76 f. Dissertação (Mestrado em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS, 2003.

SILVANO, J. Avaliação de metais na água, no sedimento e nos peixes da lagoa Azul, formada por lavra de mineração de carvão a céu aberto, Siderópolis-SC. 2003. 88 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2003.

SOUZA, L. A. P. et al. Levantamento experimental GPR no Rio Taquari, Bacia do Pantanal Matogrossense. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 20, n. 1, p. 67-72, 2002. https://doi.org/10.1590/S0102-261X2002000100006

ZANCHETT, S. A. S. Trajetórias, vivências e significações: os pescadores profissionais de Coxim/MS. Revista Rascunhos Culturais, v. 1, n. 1, p. 163-180, 2010.

Downloads

Publicado

2024-03-18

Como Citar

ANÁLISE DE METAIS POTENCIALMENTE CONTAMINANTES NOS PEIXES DO RIO TAQUARI, BACIA DO RIO PARAGUAI, MUNICÍPIO DE COXIM-MS . (2024). Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 16(1), 1-8 e244669. https://revistas.unoeste.br/index.php/ce/article/view/4669

Artigos Semelhantes

1-10 de 114

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>