AVALIAÇÃO BIOQUÍMICA E HEMOGASOMÉTRICA DE BOLSAS DE SANGUE (CPDA-1) CANINAS MANTIDAS SOB REFRIGERAÇÃO

Autores

  • Cecília Braga Laposy UNOESTE
  • Rosa Maria Barilli Nogueira Unoeste

Palavras-chave:

cão, hemogasometria, transfusão

Resumo

Com o objetivo de avaliar as alterações bioquímicas e hemogasométricas resultantes do armazenamento de bolsas de sangue foram utilizados oito cães provenientes do Canil da Unoeste, adultos e hígidos, onde foram colhidos 420mL de sangue e acompanhados durante 30 dias. Após a coleta de sangue, as bolsas foram ficaram sob refrigeração e uma alíquota foi retirada imediatamente após a coleta (D0) e nos dias sete (D7), 14 (D14), 21 (D21) e 30 (D30) para serem submetidas às análises laboratoriais. O procedimento de retirada das amostras foi realizado em capela microbiológica obedecendo às técnicas de assepsia. Os exames laboratoriais feitos em cada momento foram: dosagem de glicose plasmática, sódio, potássio, proteína plasmática total e mensuração da pO2, pCO2, bicarbonato e pH sanguíneos por aparelho de hemogasometria. Com base nos resultados obtidos neste experimento, pode-se concluir que por apresentarem alterações significativas, as bolsas de sangue devem ser utilizadas no período máximo de quinze dias para que todos os constituintes permaneçam preservados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cecília Braga Laposy, UNOESTE

Cecília Braga Laposy. Profa. Dra. Laboratório de Patologia Clínica Veterinária. Hospital Veterinário. Unoeste

Rosa Maria Barilli Nogueira, Unoeste

Rosa Maria Barilli Nogueira. Profa. Dra. Clínica Médica de Pequenos Animais Hospital Veterinário. Unoeste

Downloads

Publicado

2012-03-28

Como Citar

Laposy, C. B., & Nogueira, R. M. B. (2012). AVALIAÇÃO BIOQUÍMICA E HEMOGASOMÉTRICA DE BOLSAS DE SANGUE (CPDA-1) CANINAS MANTIDAS SOB REFRIGERAÇÃO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 7(2), 08–13. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/647