SUBSTRATE AND TEMPERATURE ON SEED GERMINATION OF Aspidosperma vargasii A. DC. (Apocynaceae)

Autores

  • Izabele Domingues Soares Miranda Universidade Federal de Uberlândia
  • Manoela Mendes Duarte Universidade Federal do Paraná
  • Rodrigo Otávio Veiga de Miranda Universidade Federal de Uberlândia

Palavras-chave:

Amazônia; espécies florestais nativas; IVG; teste de germinação.

Resumo

A Amazônia é detentora de uma ampla diversidade, incluindo espécies florestais com potencial madeireiro e não madeireiro, as quais muitas vezes tem seu uso restringido por carência de informações silviculturais. Assim, o presente estudo objetivou avaliar o efeito de diferentes substratos e temperaturas na germinação de sementes de Aspidosperma vagarsii. Para tanto, seguiu-se a premissa de um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 3, sendo três substratos (papel, areia e vermiculita) e três temperaturas (20, 25 e 30 °C). Foram determinados: a porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação e tempo médio de germinação, além da confecção dos gráficos de frequência relativa de germinação. Ainda, determinou-se o peso de mil sementes, número de sementes por quilo e o grau de umidade do lote estudado. O peso de mil sementes foi igual a 276,4 g, com 3.618 sementes por quilo, e grau de umidade de 9,5%. Não houve interação entre os fatores estudados sendo que o substrato areia e as temperaturas de 20 e 25 °C apresentaram os melhores resultados para germinação das sementes de A. vargasii em laboratório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORGHETTI, F. Temperaturas extremas e a germinação das sementes. In: NOGUEIRA, R. J. M. C.; ARAÚJO, E. de L.; WILLADINO, L. G.; CAVALCANTE, U. M. T. (Ed.). Estresses ambientais: danos e benefícios em plantas. Recife: Universidade Federal Rural de Pernambuco, Imprensa Universitária, 2005. p.207-218.

BRANCALION, P. H. S., NOVEMBRE, A. D. L. C.; RODRIGUES, R. R. Temperatura ótima de germinação de sementes de espécies arbóreas brasileiras. Revista Brasileira de Sementes, v. 32, n. 4, p. 15-21, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222010000400002

BRASIL. Regras para análise de sementes. Brasília: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, 2009. 395p.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5.ed. FUNEP: Jaboticabal, 2012. 590 p.

DUARTE, M. M.; MILANI, J. E. F.; BLUM, C. T.; NOGUEIRA, A. C. Germinação e morfologia de sementes e plântulas de Albizia edwallii (Hoehne) Barneby & J. W. Grimes. Revista Caatinga, v. 28, n. 3, p. 166-173, 2015. https://doi.org/10.1590/1983-21252015v28n319rc

FERREIRA, A. G.; CASSOL, B.; ROSA, S. G. T.; SILVEIRA, T. S.; STIVAL, A. L.; SILVA, A. A. Germinação de sementes de Asteraceae nativas no Rio Grande do Sul, Brasil. Acta Botanica Brasilica, v. 15, n. 2, p. 231-242, 2001. https://doi.org/10.1590/S0102-33062001000200009

FISCH, G.; MARENGO, J. A.; NOBRE, C. A. Uma revisão geral sobre o clima da Amazônia. Acta Amazonica, v. 28, n. 2, p. 101-126, 1998. https://doi.org/10.1590/1809-43921998282126

GUOLLO, K.; FELIPPI, M.; POSSENTI, J. C. Germinação de sementes de Aspidosperma parvifolium A. DC. em função de diferentes formas de coleta. Ciência Florestal, v. 26, n. 3, p. 979-984, 2016. http://dx.doi.org/10.5902/1980509824226

HENRIQUE, M. C. ; NUNOMURA, S. M.; POHLIT, A. M. Alcaloides indólicos de cascas de Aspidosperma vargasi e A. desmanthum. Química Nova, v. 33, n. 2, p. 284-287, 2010. https://doi.org/10.1590/S0100-40422010000200010

LABOURIAU, L. G. A germinação das sementes. Washington: OEA, 1983. 174p.

LIMA JUNIOR, M. J. V. Manual de procedimentos para análise de sementes florestais. Manaus: UFAM, 2010. 146p.

LORENZI, H. Árvores Brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas no Brasil. São Paulo: Instituto Plantarum, 2002. 368p.

MARANHO, A. S.; PAIVA, A. V.; PAULA, S. R. P. Crescimento inicial de espécies nativas com potencial madeireiro na Amazônia, Brasil. Revista Árvore, v. 37, n. 5, p. 913-921, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-67622013000500014

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. 2 ed. Londrina: ABRATES, 2015. 660p.

MARTINS, C. C. ; MACHADO, C. G.; CALDAS, I. G. R.; VIEIRA, I. G. Vermiculita como substrato para o teste de germinação de sementes de barbatimão. Ciência Florestal, v. 21, n. 33, p. 421-427, 2011. https://doi.org/10.5902/198050983800

MONDO, V. H. V.; BRANCALION, P. H. S.; CICERO, S. M.; NOVEMBRE, A. D. L. C.; DOURADO NETO, D. Teste de germinação de sementes de Parapiptadenia rigida (Benth.) Brenan (Fabaceae). Revista Brasileira de Sementes, v. 30, n. 2, p. 177-183, 2008. https://doi.org/10.1590/S0101-31222008000200022

OLIVEIRA, A. K. M.; BARBOSA, L. A. Efeitos da temperatura na germinação de sementes e na formação de plântulas de Cedrela fissilis. Revista Floresta, v. 44, n. 3, p. 441-450, 2014. http://dx.doi.org/10.5380/rf.v44i3.33260

OLIVEIRA, A. K. M.; CARVALHO, J. M. B.; SOUZA, J. S.; SOUZA, S. A. Germinação de sementes de Aspidosperma subincanum Mart. ex A. DC em diferentes temperaturas. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 17, n. 4, p. 642-648, 2015. http://dx.doi.org/10.1590/1983-084X/14_082

OLIVEIRA, A. K. M.; RIBEIRO, J. W. F.; PEREIRA, K. C. L.; SILVA, C. A. A. Effects of temperature on the germination of Diptychandra aurantiaca (Fabaceae) seeds. Acta Scientiarum. Agronomy, v. 35, n. 2, p. 203-208, 2013. https://doi.org/10.4025/actasciagron.v35i2.15977

OLIVEIRA, A. K. M.; RIBEIRO, J. W. F.; PEREIRA, K. C. L.; SILVA, C. A. A. Germinação de sementes de Aspidosperma tomentosum Mart. (Apocynaceae) em diferentes temperaturas. Revista Brasileira de Biociências, v. 9, n. 3, p. 392-397, 2011. Disponível em: http://www.ufrgs.br/seerbio/ojs/index .php/rbb/article/view/1857. Acesso em: 07 de Jan. 2021.

RAMOS, A.; BIANCHETTI, A.; MARTINS, E. G.; FOWLER, J. A. P.; ALVES, V. F. Substratos e temperaturas para a germinação de sementes de peroba (Aspidosperma polyneuron). Embrapa Florestas: EMBRAPA-CNPF, 1995. 1p. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/ bitstream/CNPF-2009-09/16532/1/com_tec08.pdf. Acesso em: 07 de Jan. 2021.

ROSSATTO, D. R.; KOLB, R. M. Germinação de Pyrostegia venusta (Bignoniaceae), viabilidade de sementes e desenvolvimento pós-seminal. Revista Brasileira de Botânica, v. 33, n. 1, p. 51-60, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042010000100006

SILVA, A.; FIGLIOLIA, M. B.; AGUIAR, I. B. Germinação de sementes de Acacia polyphylla DC. (monjoleiro) e de Aspidosperma ramiflorum Müll. Arg. (guatambu). Revista Floresta, v. 37, n. 3, p. 353-361, 2007. http://dx.doi.org/10.5380/rf.v37i3.9931

SILVA, R. B. MATOS, V. P.; FARIAS, S. G. G.; SENA, L. H. M.; SILVA, D. Y. B. O. Germinação e vigor de plântulas de Parkia platycephala Benth. em diferentes substratos e temperaturas. Revista Ciência Agronômica, v. 48, n. 1, p. 142-150, 2017. http://dx.doi.org/10.5935/1806-6690.20170016

SOARES, I. D.; NOGUEIRA, A. C.; KALIL FILHO, A. N.; MIRANDA, R. O. V.; EBLING, A. A. Germination behavior of Psidium rufum Dc. seeds at different temperatures, substrates and conditions of light. Australian Journal of Basic and Applied Sciences, v. 9, n. 7, p. 564-570, 2015. Disponível em: http://ajbasweb.com/old/ajbas/2015/April/564-570.pdf. Acesso em: 07 de Jan. 2021.

Downloads

Publicado

2021-10-28

Como Citar

Miranda, I. D. S., Mendes Duarte, M., & Miranda, R. O. V. de. (2021). SUBSTRATE AND TEMPERATURE ON SEED GERMINATION OF Aspidosperma vargasii A. DC. (Apocynaceae). Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 17(5), 66–72. Recuperado de https://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/3916