QUALIDADE DE MUDAS DE PAU-D'ALHO SOB DIFERENTES DOSES E FREQUÊNCIAS DE APLICAÇÃO DE NUTRIENTES

Autores

  • Grasiela Spada
  • Gláucia Uesugi
  • Rafael Barroca Silva
  • Magali Ribeiro da Silva

Palavras-chave:

fertirrigação, Gallesia integrifólia, solução nutritiva

Resumo

O trabalho teve como objetivo estudar como a dose e a frequência da fertirrigação influenciam o desenvolvimento de mudas de Gallesia integrifolia, por meio de variáveis morfofisiológicas. A pesquisa foi realizada no Viveiro de Produção de Mudas Florestais da FCA/UNESP. Foram desenvolvidos dois experimentos com a espécie, em um deles testou-se as frequências de aplicação da solução nutritiva e no outro as doses. Ao final do experimento foram avaliadas: altura da parte aérea, diâmetro do colo, massas secas da parte aérea, radicular e total, índice de Qualidade de Dickson (IQD), conformação do sistema radicular, área foliar, transpiração, e o índice de cor verde. Todas as variáveis morfológicas analisadas foram influenciadas pela frequência de aplicação da solução nutritiva, exceto o diâmetro do colo e o IQD. Não houve diferença estatística para as variáveis diâmetro do colo, massa seca total e IQD no experimento com doses. Mudas de maior qualidade de Gallesia integrifolia foram obtidas em uma dose padrão aplicada de forma mais fracionada.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

AIAZZI,M.T.; ARGÜELLO,J.A.; ABRIL,A. Nodulated and non-nodulated Prosopis chilensis (Mol) St. seedlings: economy of carbon and nitrogen. Forest Ecology and Management, v.89, n.1-3, p.25-29, 1996. https://doi.org/10.1016/S0378-1127(96)03872-8

ARGENTA, G.; SILVA, P. R. F.; BARTOLINI, C. G.; FORSTHOFER, E. L.; STRIEDER, M. L. Relação da leitura do clorofilômetro com os teores de clorofila extraível e nitrogênio na folha de milho. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v.13, n.2, p.158-167, 2001. https://doi.org/10.1590/S0103-31312001000200005

BEARD, J.B. Turfgrass: science and culture. N.J: Prentice-Hall, 1973. 235p.

CARVALHO, P.E.R. Pau d’Alho (Gallesia integrifolia). In: CARVALHO, P.E.R. Espécies Arbóreas Brasileiras. Colombo: Embrapa Florestas, 2003. p.735-742.

CARVALHO, O.S.; SILVA, O.R.R.F.; MEDERIOS, J. C. Adubação e calagem. In: BELTRÃO, N.E.M. O Agronegócio do Algodão no Brasil. Campina Grande: Embrapa Algodão; Brasília: Embrapa Comunicação para Transferência de Tecnologia, 1999. v.1, p.175-210.

CHANG, D. C.; CHO, I. C.; SUH, J. T.; KIM, S. J.; LEE, Y. B. Growth and yield response of three aeroponically grown potato cultivars (Solanum tuberosum L.) to different electrical conductivities of nutrient solution. American Journal of Potato Research, n.88, p.450-458, 2011. https://doi.org/10.1007/s12230-011-9211-6

CIAVATTA, S.F.; SILVA, M.R.; SIMOES, D. Fertirrigação na produção de mudas de Eucalyptus grandis nos períodos de inverno e verão. Revista Cerne, v.20, n.2,p.217-222, 2014. https://doi.org/10.1590/01047760.201420021374

CROSER C., RENAULT S., FRANKLIN J., ZWIAZEK J. The effect of salinity on the emergence and growth of Picea mariana, Picea glauca, and Pinus banksiana. Environ. Pollut., v.115, p.9-16, 2011. https://doi.org/10.1016/S0269-7491(01)00097-5

DALDEGAN, J.; SAMBUICHI, R.H.R. Programa de aquisição de sementes e mudas nativas (PASEM): uma proposta de política pública para fins de regularização ambiental no Brasil. Brasília: IPEA, 2017.

DANTAS, R. P.; PEREIRA, K. T. O.; CAVALCANTE, A. L. G.; SOUZA, A. A. T.; SOUZA NETA, M. L.; OLIVEIRA, F. A. Fertirrigação por capilaridade em mudas de Leucena leucocephala (Lam.) de Wit. Rev. Agroambiente, Boa Vista, v. 10, n. 2, p. 161-167, 2016. https://doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v10i2.3202

D'ÁVILA, F.S.; PAIVA, H.N.; LEITE, H.G.; BARROS, N.F.; LEITE, F.P. Efeito do potássio na fase de rustifcação de mudas clonais de eucalipto. Revista Árvore, v. 35, n. 1, p. 13-19, 2011. https://doi.org/10.1590/S0100-67622011000100002

DELGADO, L.G.M.; SILVA, R.B.G.; SILVA, M.R. Qualidade morfológica de mudas de ingá sob diferentes manejos hídricos. Irriga, Botucatu, v.22, n.3, p.420-429, 2017. https://doi.org/10.15809/irriga.2017v22n3p420-429

DICKSON, A.; LEAF, A.L.; HOSNER, J.F. Quality appraisal of white spruce and white pine seedlings stock in nurseries. Forestry Chronicle, 1960. https://doi.org/10.5558/tfc36010-1

DUKE, J.A. Duke's handbook of medicinal plants of Latin America. Boca Raton: Taylor & Francis, 2009. 902p. https://doi.org/10.1201/9781420043174

FONSECA, E.P.; VALÉRI, S.V.; MIGLIORANZA, E.; FONSECA, N.A.N.; COUTO, L. Padrão de qualidade de mudas de Trema micrantha (L.) Blume, produzidas sob diferentes períodos de sombreamento. Revista Árvore, Viçosa, v.26, n.4, p.515-523, 2002. https://doi.org/10.1590/S0100-67622002000400015

GROSSNICKLE, S.C.; MACDONALDS, J.E. Why seedlings grow: influence of plant attributes. New Forests, v.49, p.1-34, 2018. https://doi.org/10.1007/s11056-017-9606-4

HOU, Z.; CHEN, W.; LI, X.; XIU, L.; WU, L. Effects of salinity and fertigation practice on cotton yield and 15N recovery. Agricultural Water Management, v. 96, n. 10, p. 1483-1489,2009. https://doi.org/10.1016/j.agwat.2009.04.019

JACKSON, D.P.; DUMROESE, R.K.; BARNETT, J. P. Nursery response of container Pinus palustris seedlings to nitrogen supply and subsequent effects on outplanting performance. Forest Ecology and Management, v.265, p.1-12, 2012. https://doi.org/10.1016/j.foreco.2011.10.018

JACOBS, D.F.; TIMMER, V.R. Fertilizer-induced changes in rhizosphere electrical conductivity: relation to forest tree seedling root system growth and function. New Forests, v.30, n.2-3, p.147-166, 2005. https://doi.org/10.1007/s11056-005-6572-z

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa: Editora Plantarum, 2014. v.1.

MARCHIORETTO, M. S. Phytolaccaceae. In: Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2019.

MINOLTA CAMERA Co. Manual for chlorophyll meter SPAD 502. Osaka: Minolta, Radiometric Instruments divisions. 1989. 22p.

MORAES NETO, S.P.; GONÇALVES, J.L.M.; ARTHUR JR., J.C.; DUCATTI, F.; AGUIRRE JR., J.H. Fertilização de mudas de espécies arbóreas nativas e exóticas. Revista Árvore, Viçosa, v.27, n.2, p.129-137, 2003. https://doi.org/10.1590/S0100-67622003000200002

OLIVEIRA, F. A.; OLIVEIRA, M. K. T.; SILVA, R. C. P.; SILVA, O. M. P. MAIA, P M. E.; CÂNDIDO, W. S. Crescimento de mudas de moringa em função da salinidade da água e da posição das sementes nos frutos. Revista Árvore, Viçosa, v.37, n.1, p.79-87, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-67622013000100009

PRADO, R. M. Nutrição de plantas. São Paulo: Ed. UNESP, 2008. 407 p.

PEREZ, B.A.P. Doses de potássio e umidades de solo para o crescimento de plantas de mogno africano. 2014. 43 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia – Produção Vegetal) –Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Jaboticabal, 2014.

RAIMUNDO, K.F.; BORTOLUCCI, W.C.; GLAMOČLIJA, J.; SOKOVIĆ, M.; GONÇALVES, J. E.; LINDE, G.A.; COLAUTO, N. B.; GAZIM, Z.C. Antifungal activity of Gallesia integrifolia fruit essential oil. Brazilian Journal of Microbiology, v.49, supl. 1, p.229-235, 2018. https://doi.org/10.1016/j.bjm.2018.03.006

SÁ, F. V. S.; ARAUJO, J. L.; NOVAES, M. C.; SILVA, A. P.; PEREIRA, F. H. F.; LOPES, K. P. Crescimento inicial de arbóreas nativas em solo salino-sódico do nordeste brasileiro tratado com corretivos. Revista Ceres, Viçosa, v. 60, n. 3, p. 388-396, 2013. https://doi.org/10.1590/S0034-737X2013000300012

SALISBURY, F.B.; ROSS, C.W. Fisiologia das plantas. São Paulo: Cengage Learning, 2012. 774p.

SANTOS, J.Z.L.; RESENDE, A.V.; FURTINI NETO, A.E.; CORTE, E.F. Crescimento, acúmulo de fósforo e frações fosfatadas em mudas de sete espécies arbóreas nativas. Revista Árvore, Viçosa, v.32, p.799-807, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-67622008000500003

SÃO PAULO (Estado). Resolução SMA n. 08, de 31 de Janeiro de 2008. Fixa a orientação para o reflorestamento heterogêneo de áreas degradadas e dá providências correlatas. Diário Oficial do Estado de São Paulo, São Paulo, SP, 01 fev. 2008. Seção I, p. 31-32.

SILVA, L. O. C. Composto de lodo de esgoto, associado a frequência de irrigação e fertirrigação, para produção de mudas de Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert. 2018. 107p. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2018.

SILVA, M.R. Caracterização morfológica, fisiológica e nutricional de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden submetidas a diferentes níveis de estresse hídrico durante a fase de rustificação. 1998. 105f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1998.

SILVA, M. R. Efeitos do manejo hídrico e da aplicação de potássio na qualidade de mudas de Eucalyptus grandis W. (Hill ex. Maiden). 2003. 100p. Tese (Doutorado em Irrigação e Drenagem) – Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2003.

SILVA, M. R.; KLAR, A. E.; PASSOS, J. R. Efeitos do manejo hídrico e da aplicação de potássio nas características morfofisiológicas de mudas de Eucalyptus grandis (Hill ex. Maiden). Irriga, Botucatu, v.9, n.1, p.31-40, 2004. https://doi.org/10.15809/irriga.2004v9n1p31-40

SILVA, R.B.G.; SIMÕES, D.; SILVA, M.R. Qualidade de mudas clonais de Eucalyptus urophylla x E. grandis em função do substrato. Rev. Bras. Eng. Agríc. Ambient., Campina Grande , v. 16, n. 3, p. 297-302, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141543662012000300010&lng=en&nrm=iso. Acesso em 11 Mar. 2016. https://doi.org/10.1590/S1415-43662012000300010

ULIANA, M.B.; FEY, R.; MALAVASI, M.M.; MALAVASI, U.C. Produção de mudas de Anadenanthera macrocarpa em função de substratos alternativos e da frequência de fertirrigação. Floresta, Curitiba, v. 44, n. 2, p. 303-312, 2014. https://doi.org/10.5380/rf.v44i2.31412

VALERI, S.V.; CORRADINI, L. Fertilização em viveiros para produção de mudas de eucaliptos e pinus. In: GONÇALVES, J.L.M.; BENEDETTI, V. Nutrição e fertilização florestal. 2. ed. Piracicaba: IPEF, 2015. p. 167-190.

Downloads

Publicado

2019-04-24

Como Citar

QUALIDADE DE MUDAS DE PAU-D’ALHO SOB DIFERENTES DOSES E FREQUÊNCIAS DE APLICAÇÃO DE NUTRIENTES. (2019). Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(2), 121-132. https://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2382

Artigos Semelhantes

1-10 de 21

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>