SELEÇÃO RECORRENTE FENOTÍPICA VISANDO À OBTENÇÃO DE UMA VARIEDADE SINTÉTICA DE MILHO (ZEA MAYS L.).

Autores

  • Lenon Romano Modesto Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Elivelton Alves Lustri Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Fernando José Vasconcelos Lemes Soares Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Ronis Pereira Fernandes da Silva Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Antonio Fluminhan Jr PRPPG-UNOESTE

Palavras-chave:

milho, variedade sintética, melhoramento genético, seleção recorrente fenotípica, Zea mays L.

Resumo

O milho (Zea mays L.) é uma das principais espécies agrícolas cultivadas no mundo, sendo que a sua produção pode ser encontrada em regiões com condições de solo e clima muito contrastantes. Este fato é determinante para que exista um estímulo para estabelecimento de um programa de melhoramento genético. A presente pesquisa teve como objetivos a produção de uma variedade sintética de milho a partir do intercruzamento de cultivares comerciais disponíveis no mercado, bem como a avaliação do seu desempenho agronômico, observado durante o processo de seleção recorrente fenotípica. Foi observado que a população selecionada apresenta uma grande homogeneidade, visando a criação de uma população uniforme exigida para o registro da cultivar. A avaliação do desempenho agronômico dos genótipos contribuiu para a geração de conhecimento básico necessário ao processo desenvolvimento desta nova variedade.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Como Citar

SELEÇÃO RECORRENTE FENOTÍPICA VISANDO À OBTENÇÃO DE UMA VARIEDADE SINTÉTICA DE MILHO (ZEA MAYS L.). (2014). Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 10(2), 20-31. https://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/1156

Artigos Semelhantes

1-10 de 119

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>