PREVALÊNCIA DE CÂNCER DE MAMA E ASSOCIAÇÃO COM SEUS FATORES PROGNÓSTICOS E PREDITIVOS DIAGNOSTICADOS NUM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Autores

  • Ariane Maria Peres T. de Almeida UNOESTE
  • Hugo Ricardo Marquini UNOESTE
  • Rafaela Mendonça Leite UNOESTE
  • Gisele Alborghetti Nai UNOESTE

Palavras-chave:

Neoplasias da Mama, Diagnóstico, Prognóstico, Patologia, Estágio Clínico

Resumo

O câncer de mama é o tipo de câncer mais freqüente em mulheres no Brasil. Apesar de ser considerado um câncer de relativamente bom prognóstico, se diagnosticado e tratado oportunamente, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas no Brasil, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. O objetivo do presente estudo foi avaliar a prevalência de câncer de mama num hospital universitário através do exame anátomo-patológico e os fatores prognósticos e preditivos associados a cada caso, para observar o estágio de diagnóstico das pacientes. Foi realizado um estudo retrospectivo com seleção dos laudos anatomo-patológicos de exérese de tumor mamário com diagnóstico de câncer de mama, provenientes do Hospital Universitário de Presidente Prudente - SP, realizados no período de 1998 a 2009. Dos laudos de exame foram retirados os dados relacionados à idade da paciente, os fatores prognósticos e os fatores preditivos. Foram encontrados 183 casos de câncer de mama. A maior incidência ocorreu na faixa etária entre 40 a 49 anos (29,5%) e o tipo histológico mais frequente foi o Carcinoma ductal invasivo (61,2%). Em 45% dos casos, os tumores mediram até 2cm. A maioria (71%) não apresentava metástases para os linfonodos axilares. Em 27 casos houve expressão de receptores hormonais e em 26 hiperexpressão de Her2/neu. Conclui-se que as pacientes estudadas foram diagnosticadas na fase inicial do câncer de mama.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ariane Maria Peres T. de Almeida, UNOESTE

Bacharel em Biologia, Especialista em Oncologia, Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), Presidente Prudente, SP, Brasil

Hugo Ricardo Marquini, UNOESTE

Aluno de graduação, Faculdade de Medicina de Presidente Prudente (FMPP), Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), Presidente Prudente, SP, Brasil.

Rafaela Mendonça Leite, UNOESTE

Aluno de graduação, Faculdade de Medicina de Presidente Prudente (FMPP), Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), Presidente Prudente, SP, Brasil.

Gisele Alborghetti Nai, UNOESTE

Professora doutora do Departamento de Patologia da UNOESTE. Médica patologista, responsável técnica pelo Laboratório de Anatomia Patológica da UNOESTE.

Publicado

2012-12-17

Como Citar

Almeida, A. M. P. T. de, Marquini, H. R., Leite, R. M., & Nai, G. A. (2012). PREVALÊNCIA DE CÂNCER DE MAMA E ASSOCIAÇÃO COM SEUS FATORES PROGNÓSTICOS E PREDITIVOS DIAGNOSTICADOS NUM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 4(1), 27-37. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/733

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##