DESCRIÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

Autores

  • Renata Calciolari Rossi e Silva Universidade do Oeste Paulista
  • Debora Tavares de Resende e Silva Abate Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Janaínna Grazielle Pacheco Olegário Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Ana Karina Marques Salge Universidade Federal de Goiás
  • Camila Lourencini Cavellani Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Rosana Rosa Miranda Corrêa Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Darlene Mara dos Santos Tavares Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Palavras-chave:

saúde do idoso, Instituição de longa permanência para idosos, envelhecimento, geriatria, esforço físico

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo descrever a capacidade funcional dos idosos residentes no asilo São Vicente de Paula, Uberaba-MG. É um estudo transversal, realizado entre os anos de 2005 e 2006, com avaliação de um total de dezenove prontuários foram analisados como instrumento de medida para as atividades de vida diária (AVD), utilizando-se a escala de Spirduso para a coleta de dados. As faixas etárias mais freqüentes foram de 60-70 anos e 70-80 anos, sendo 58,0% do sexo feminino e 42,0% do sexo masculino. Apresentaram dependência para lavar e passar roupas, bem como para realizar atividades de limpeza de casa 73,7% dos idosos asilados, sendo de 84,2% o índice de dependência para os cuidados com os pés e unhas, independente do gênero e da faixa etária. Pelos resultados obtidos, deve-se ressaltar a importância do desenvolvimento de programas terapêuticos que priorizem o cuidado com as enfermidades e programas de intervenção, a fim de prevenir e melhorar a capacidade funcional, além de permitir uma melhor qualidade devida deste coletivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Calciolari Rossi e Silva, Universidade do Oeste Paulista

Doutora em Patologia Geral pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro Mestre em Patologia Geral pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro Especialista em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro Fisioterapeuta pela Universidade de Uberaba Professora de Patologia Geral e Patologia dos Órgãos e Sistemas no curso de Medicina na UNOESTE Professora de Metodologia da Pesquisa Científica no curso de Fisioterapia na UNOESTE

Debora Tavares de Resende e Silva Abate, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Mestre em Patologia Geral pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Janaínna Grazielle Pacheco Olegário, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Mestre em Patologia Geral pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Ana Karina Marques Salge, Universidade Federal de Goiás

Professora Doutora do Curso de Enfermagem na Universidade Federal de Goiás

Camila Lourencini Cavellani, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Doutora em Patologia Geral pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Rosana Rosa Miranda Corrêa, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Professora Doutora da Disciplina de Patologia Geral da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Darlene Mara dos Santos Tavares, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Professora Doutora do Curso de Enfermagem da Universidade fedral do Triângulo Mineiro

Publicado

2013-12-18

Como Citar

Rossi e Silva, R. C., Abate, D. T. de R. e S., Olegário, J. G. P., Salge, A. K. M., Cavellani, C. L., Corrêa, R. R. M., & Tavares, D. M. dos S. (2013). DESCRIÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 4(2), 104-110. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/469

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##