SERVIÇOS DE ZOONOSES E O SEU PAPEL NA VIGILÂNCIA EM SAÚDE PARA LEISHMANIOSE VISCERAL

  • Chelsea Pereira de Souza
  • Patrícia Ferreira da Silva Centro Laboratório Regional - Instituto Adolfo Lutz
  • Matheus de Carvalho Moreno Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Lourdes Aparecida Zampieri D’ Andrea Centro Laboratório Regional - Instituto Adolfo Lutz

Resumo

A leishmaniose visceral (LV) é uma doença zoonótica de grande importância em saúde pública e as ações realizadas pelos Serviços de Zoonoses (SZ) podem minimizar seu transtorno. O objetivo foi avaliar a situação dos Serviços de Zoonose dos municípios na região de saúde de Presidente Prudente/SP e compreender o papel que eles desempenham na vigilância em saúde para LV. Foi realizado tratamento cartográfico da informação sobre a situação epidemiológica da LV e o tipo de SZ ofertado nos municípios de estudo. Dos 45 municípios estudados, 62,2% possuem SZ totalmente estruturado; 1,35% não possuem estrutura física e funcionam parcialmente; 0,9% não funcionam e 5,4% não o possuem. Concluímos que é de grande relevância o papel que os SZs desempenham na vigilância em saúde e há uma elevada quantidade de municípios que não possuem SZ estruturado, fato que pode dificultar no controle da LV, favorecendo a disseminação na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-17
Como Citar
Pereira de Souza, C., Ferreira da Silva, P., de Carvalho Moreno, M., & Aparecida Zampieri D’ Andrea, L. (2019). SERVIÇOS DE ZOONOSES E O SEU PAPEL NA VIGILÂNCIA EM SAÚDE PARA LEISHMANIOSE VISCERAL. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 11(1), 24-32. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/2835
Seção
Artigos Originais

Outros artigos do(s) mesmo(s) autor(es)