AVALIAÇÃO DO EFEITO DE SUBSTÂNCIAS ANTIOXIDANTES NO CRESCIMENTO DE CULTURAS CELULARES DE CANA-DE-AÇÚCAR (Saccharum spp.)

Autores

  • Bruno de Lima Melo Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE
  • Iris Glaucia Guedes de Moura Lima Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE
  • Antonio Fluminhan Jr PRPPG-UNOESTE

Palavras-chave:

Cana-de-açúcar. Antioxidantes. Envelhecimento Celular. Estresse Oxidativo. Biotecnologia Vegetal

Resumo

Esta pesquisa teve por objetivo avaliar culturas celulares estabelecidas a partir de meristemas apicais de dois cultivares de cana-de-açúcar: SP 813250 e RB 845210, com vistas à identificação das melhores combinações entre material biológico e composições de meios de cultura, que assegurem uma elevada capacidade de manutenção no cultivo in vitro, com multiplicação celular mesmo após longos períodos. Meios de cultura preparados com sais de Murashige-Skoog foram acrescidos de ácido ascórbico, glicina, glutamina, ácido nicotínico, prolina, piridoxina, tiamina, ácido aspártico e arginina, além de sacarose, inositol e a auxina 2,4-D. As avaliações das taxas de crescimento e proliferação celulares foram realizadas através da mensuração do peso vivo das culturas após a manutenção por período de tempo determinado em meios com composições diferentes. Foi observado que a adição de substâncias antioxidantes aos meios está correlacionada com uma maior viabilidade das culturas celulares e maior taxa de proliferação durante o cultivo in vitro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-05-27

Como Citar

Melo, B. de L., Lima, I. G. G. de M., & Fluminhan Jr, A. (2015). AVALIAÇÃO DO EFEITO DE SUBSTÂNCIAS ANTIOXIDANTES NO CRESCIMENTO DE CULTURAS CELULARES DE CANA-DE-AÇÚCAR (Saccharum spp.). Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 6(2), 43-52. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/1194