PARACOCCIDIOIDOMICOSE, UMA ENDEMIA BRASILEIRA: NOVAS DESCOBERTAS, NOVOS DESAFIOS

Autores

  • Camila Oliveira Silva e Souza Universidade do Oeste Paulista
  • Felippe Antonio Goes Scorsioni Universidade do Oeste Paulista
  • Rita de Cássia Buzinaro Ajala Universidade do Oeste Paulista
  • Marcus Vinicius Pimenta Rodrigues Universidade do Oeste Paulista
  • Daniela Vanessa Moris Universidade do Oeste Paulista

Palavras-chave:

Paracoccidioidomicose, P.brasiliensis, infecção, doença

Resumo

A paracoccidioidomicose (PCM), micose sistêmica causada pelo fungo termodimórfico Paracoccidioides brasiliensis afetando principalmente a população rural das Américas Latina e do Sul, sendo no Brasil é registrado 80% dos casos. A PCM é observada em pacientes que tiveram ou se encontram em contato direto e prolongado com o solo, como os trabalhadores rurais, sendo que as manifestações clinicas apresentam-se por infecção ou doença. A característica principal da resposta imunológica da PCM é a formação dos granulomas. Reações de imunodifusão dupla e os testes imunoenzimáticos são amplamente utilizados e constituem uma alta importância no diagnóstico de PCM. Sendo que o tratamento terapêutico deve ir além da terapia antifúngica convencional, e os pacientes devem ter acompanhamento médico constante até o termino da doença, cura. É apresentada aqui uma revisão da literatura atual concentrando-se na importância clinica, imunologia, métodos de diagnostico e tratamento da paracoccidioidomicose.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Oliveira Silva e Souza, Universidade do Oeste Paulista

UNOESTE, Faculdade de Biomedicina, departamento de microbiologia

Felippe Antonio Goes Scorsioni, Universidade do Oeste Paulista

UNOESTE, Faculdade de Medicina, departamento de microbiologia

Rita de Cássia Buzinaro Ajala, Universidade do Oeste Paulista

UNOESTE, Faculdade de Biomedicina, departamento de microbiologia

Marcus Vinicius Pimenta Rodrigues, Universidade do Oeste Paulista

UNOESTE, Faculdade de Biomedicina, departamento de microbiologia

Daniela Vanessa Moris, Universidade do Oeste Paulista

UNOESTE, Faculdade de Biomedicina, departamento de microbiologia

Publicado

2016-04-26

Como Citar

Oliveira Silva e Souza, C., Goes Scorsioni, F. A., Buzinaro Ajala, R. de C., Pimenta Rodrigues, M. V., & Moris, D. V. (2016). PARACOCCIDIOIDOMICOSE, UMA ENDEMIA BRASILEIRA: NOVAS DESCOBERTAS, NOVOS DESAFIOS. Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436, 7(2), 57-71. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cv/article/view/1079

Edição

Seção

Revisão

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##