AS REDES SOCIAIS E O TRIUNFO DE SCHOPENHAUER

  • Sheila Regiane Franceschini
  • Luciana Carolina Fernandes de Faria. Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
Palavras-chave: Schopenhauer. Redes Sociais. Tecnologias. Razão. Verdade.

Resumo

O presente texto traz um breve estudo sobre a obra de Arthur Schopenhauer, “A arte de ter razão”, na qual o autor apresenta 38 estratagemas para vencer uma argumentação. Estabelecendo-se uma comparação entre as técnicas apresentadas e o ambiente das redes sociais, é possível verificar como esta obra é atual, justificando diversos comportamentos sociais inerentes à vida humana e amplificados pelas tecnologias digitais das quais fazemos uso, em que a busca pela verdade é suplantada pela necessidade de ter razão, de forma a sempre vencer o oponente. Neste sentido, podemos atribuir à ausência de uma educação amparada nos conceitos filosóficos, que nos conduzissem a uma vida ética e empática, o triunfo da argumentação proposta, ironicamente, por Schopenhauer.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-07
Como Citar
Regiane Franceschini, S., & Carolina Fernandes de Faria., L. (2019). AS REDES SOCIAIS E O TRIUNFO DE SCHOPENHAUER. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 3(3), 23-34. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cs/article/view/3331