HABITAÇÃO SOCIAL EM BATAGUASSU – MS: ANÁLISES E DIRETRIZES

  • Flórian Gonçalves Alonso Merique Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Mayara Pissutti Albano Unoeste

Resumo

A habitação é reconhecida como um direito básico para sobrevivência, contudo, as ações governamentais levaram um longo tempo para se posicionarem no sentido de amenizar o déficit existente desde o final do século XIX. As políticas públicas tiveram suas primeiras grandes construções de conjuntos habitacionais de interesse social associadas a problemas urbanísticos e projetuais que são frequentemente vistos na realidade das cidades brasileiras, entre eles, as grandes escalas com aparências homogêneas, com má qualidade construtiva e sem integração à malha urbana já consolidada. Em 2009, a criação Programa Minha Casa Minha Vida consolidou mudanças que estavam sendo construídas em gestões anteriores, sendo a sua produção a maior até o presente momento. Dada a importância do tema, o presente trabalho objetivou levantar a produção habitacional em Bataguassu – MS, bem como o déficit existente e, propor diretrizes para um novo conjunto de habitação social. Tendo como metodologia levantamentos bibliográficos, documentais e de campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-20
Como Citar
Gonçalves Alonso Merique, F., & Albano, M. (2018). HABITAÇÃO SOCIAL EM BATAGUASSU – MS: ANÁLISES E DIRETRIZES. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 2(4), 35-47. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cs/article/view/2776

Outros artigos do(s) mesmo(s) autor(es)