IMPACTO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA A MOBILIDADE SOCIAL

Autores

  • Tiago Alexandre
  • José Renato da Silva Oliveira
  • Alexandre Godinho Bertoncello UNOESTE

Palavras-chave:

Empreendedorismo, Egressos, Escala Likert, Educação

Resumo

Na ultima década tivemos um aumento expressivo de pessoas cursando o nível superior no Brasil. A literatura internacional faz uma relação direta entre nível de escolaridade e renda per capita dos países, porém não há trabalhos no contexto do Oeste Paulista. O objetivo deste trabalho foi quantificar se temos os mesmos padrões internacionais da mobilidade social, medindo a renda, os níveis de empreendedorismo e, a satisfação social. Para tal foram pesquisados egressos dos últimos 7 anos do curso de Administração de Empresas de uma universidade no Oeste Paulista, aplicando questionários elaborados segundo a escala Likert e, estudando dados secundários oficiais do IBGE e RAIS. Observou-se que as melhorias socioeconômicas dos ex-alunos estudados são superiores ao relatado na literatura internacional e a média nacional. Ao mesmo tempo foi detectado que o nível de empreendedorismo local é inferior ao nível nacional e o gap entre gêneros dos egressos também esta acima da média nacional. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-04-11

Como Citar

Alexandre, T., Renato da Silva Oliveira, J., & Bertoncello, A. G. (2018). IMPACTO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA A MOBILIDADE SOCIAL. Colloquium Socialis. ISSN: 2526-7035, 1(3), 10-20. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/cs/article/view/2232

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##