A INFLUÊNCIA DA TELEVISÃO NA ALIMENTAÇÃO INFANTIL: UMA QUESTÃO EDUCATIVA

Autores

  • Carla Renata Drimel Bibiano UNOESTE
  • Ivone Tambelli Schmidt UNOESTE

Palavras-chave:

comportamento alimentar infantil, meios de comunicação, aprendizagem

Resumo

Objetivou-se nesta pesquisa de campo descritiva; analisar a influencia da televisão na alimentação infantil; sob enfoque educativo; já que este meio de comunicação é influente nos lares brasileiros, abrindo oportunidades para novas aprendizagens. Este trabalho foi desenvolvido com crianças da 4.ª série do ensino fundamental de uma escola particular de Presidente Prudente e seus responsáveis, mediante aplicação de questionários distintos aos mesmos. Optou-se pela análise quanti -qualitativa dos dados, que foram categorizados e tabulados pelo programa Epi info, com análise crítico - reflexiva dos resultados apresentados. Os resultados demonstraram que parte das famílias pesquisadas possui mais de dois televisores, as crianças permanecem menos de 3 horas/dia diante da “telinha”, sendo o período da noite o mais assistido. Os pais, afirmam que seus filhos pedem a compra de alimentos vistos na TV, admitindo a influência desta sobre as crianças; fato constatado pelas crianças; que sentem vontade de comer o alimento anunciado, principalmente as guloseimas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2011-08-04

Como Citar

Bibiano, C. R. D., & Schmidt, I. T. (2011). A INFLUÊNCIA DA TELEVISÃO NA ALIMENTAÇÃO INFANTIL: UMA QUESTÃO EDUCATIVA. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 7(2), 74-79. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/525