HABITAÇÃO SOCIAL EM PRESIDENTE PRUDENTE-SP

Autores

  • Sibila Corral de Area Leao Honda UNOESTE

Palavras-chave:

habitação de interesse social, planejamento urbano, arquitetura

Resumo

Presidente Prudente, historicamente, apresenta grande segregação sócioespacial. A Prefeitura Municipal não tem demonstrado uma política inclusiva, nem políticas públicas voltadas à definição de Zonas Especiais de Interesse Social ou à construção de moradia social. Entretanto, há muitos conjuntos habitacionais de interesse social implantados no município. Alguns desses conjuntos foram financiados por agentes externos ao Poder Público, como a Fundação ROTARY Internacional. As análises de sua inserção na malha urbana, de sua implantação urbanística, assim como de seu projeto arquitetônico são muito importantes para identificar sua adequação à população beneficiada. Dessa forma, o objetivo desta pesquisa foi analisar um desses conjuntos habitacionais executados, e diversos levantamentos foram elaborados para apoiar as conclusões de pós-ocupação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sibila Corral de Area Leao Honda, UNOESTE

Arquiteta e Urbanista pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Doutoranda em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Coordenadora dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Tecnologia em Design de Interiores, e Tecnologia em Design de Produto da Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE.

Publicado

2011-08-04

Como Citar

Honda, S. C. de A. L. (2011). HABITAÇÃO SOCIAL EM PRESIDENTE PRUDENTE-SP. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 7(2), 17-22. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/515