O PAPEL DO MUNICÍPIO NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL I

  • Adrinelly Lemes Nogueira Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia
  • Lúcia Helena Medeiros Universidade Federal de Uberlândia/ FACIP
Palavras-chave: Formação de professores, Formação Continuada de Professores, Papel do Município

Resumo

Este artigo se propõe a discutir o papel do município na formação continuada de professores em serviço sob o viés das professoras que atuam em escolas públicas do Triângulo Mineiro. Para aprofundar os estudos sobre a temática nos valemos de autores como Shiroma (2011), Libâneo (2012), Freire (1996), entre outros. Do ponto de vista teórico- metodológico baseamo-nos em Minayo (2010) ao afirmar que, fazendo uma reflexão acerca do diálogo entre hermenêutica (compreensão) e dialética (crítica), são trazidos os princípios para operacionalização do método de interpretação de sentidos. Foi realizada uma pesquisa de campo em seis escolas por meio de entrevista semiestruturada com 30 professoras. De forma geral, com base nas análises das muitas vozes ouvidas, entendemos que inúmeras propostas de formação continuada vêm sendo implementadas no decorrer dos anos no referido município e, anunciadas como erradicadoras das dificuldades dos professores, como solução dos seus problemas, mas que ficam no discurso inócuo. Observamos que o papel do município em promover a formação continuada de professores está submetido às políticas públicas nacionais e que não há uma dada continuidade, sobretudo, está à mercê de interesses de âmbito maior, econômicos e políticos em detrimento das necessidades efetivas escola. Desse modo, uma proposta de uma formação realmente continuada só será legítima e significativa quando enriquecer profissionalmente os professores; desse modo, será um processo construído no cotidiano escolar, dentro da própria profissão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adrinelly Lemes Nogueira, Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia
raduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Uberlândia/Faculdade de Ciências Integradas do Pontal (UFU/FACIP), onde atuou como bolsista no Subprojeto Gestão do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID/UFU). Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, na Linha de Pesquisa: Políticas Educacionais, Gestão e Formação de Professores oferecido pela Universidade Federal de Goiás/ Regional Jataí (PPGE/UFG/Regional Jataí). Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, na Linha de Pesquisa: Estado, Políticas e Gestão da Educação. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Política, Formação Docente e Práticas Educativas (GEPPOPE). Professora efetiva da Rede Municipal de Educação de Uberaba-MG.
Lúcia Helena Medeiros, Universidade Federal de Uberlândia/ FACIP
Graduada em Pedagogia pela Fundação educacional de Ituiutaba- Universidade Estadual de Minas Gerais(FEIT/UEMG) (1985), mestre em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (2003) e doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas - Faculdade de Educação (2009). Foi docente da Universidade Federal de Goiás, Campus de Jataí, de 2010 a 2013. Atualmente é docente da Universidade Federal de Uberlândia/ Faculdade de Ciencias Integradas do Pontal. Coordenadora do PIBID/Pedagogia, Área Alfabetização I. Membro do Nufope - Formação de Professores e Práticas Educativas e membro do GEPPOPE Grupo de Estudos e Pesquisas em Politicas Publicas Educacionais . Professora colaboradora e orientadora no Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás/Jatai, na Linha de pesquisa Políticas Educacionais, Gestão e Formação de Professores Educação Formação do Professor; Políticas de Formação de Professores; Avaliação; Políticas de Avaliação da Educação; Políticas Públicas da Educação Básica; Educação Democrática.
Publicado
2018-12-19
Como Citar
Nogueira, A., & Medeiros, L. (2018). O PAPEL DO MUNICÍPIO NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL I. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 15(3), 54-65. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2487
Seção
DOSSIÊ: FORMAÇÃO DOCENTE: POLÍTICAS E PRÁTICAS