IDENTIDADE, DOCÊNCIA E FORMAÇÃO DE PROFESSORAS QUE ATUAM EM CRECHES: UM DIÁLOGO COM A PESQUISA

  • NÚBIA SCHAPER SANTOS Universidade Federal de Juiz de Fora
  • VÍVIAM CARVALHO DE ARAÚJO Universidade Federal de Juiz de Fora
  • WAGNER SILVEIRA REZENDE Universidade Federal de Juiz de Fora
Palavras-chave: Educação Infantil, creche, formação de professores, condição de trabalho docente.

Resumo

Este artigo apresenta dados da pesquisa intitulada "Sentidos e significados sobre a formação do(a) professor(a) das creches conveniadas do município de Juiz de Fora/MG", que foi desenvolvida pelo Grupo de Pesquisa Linguagens, Infâncias, Cultura e Desenvolvimento Humano - GP LICEDH - da Faculdade de Educação - FACED- da Universidade Federal de Juiz de Fora/MG - UFJF. A referida investigação teve por objetivo construir o perfil das professoras que atuam em 26 creches conveniadas do município, buscando compreender quais são os saberes/fazeres docentes necessários para atuação com bebês e crianças na faixa etária de 0 a 3 anos de idade. A primeira etapa da pesquisa, que será aqui discutida, utilizou uma abordagem quantitativa, que permitiu construir um questionário de escala de resposta psicométrica tipo Likert, que foi respondido por 248 professoras. Em uma segunda etapa, utilizou-se uma abordagem qualitativa de pesquisa, possibilitando compreender os sentidos e significados que foram construídos entre as participantes. Os dados produzidos na pesquisa demonstram uma falta de identidade das profissionais que trabalham nas creches com a docência na Educação Infantil. A ausência de investimento dos gestores municipais na garantia de uma carreira específica, com salários dignos e com tempo destinado à formação para essas profissionais, também foram questões impactantes reveladas pela investigação. O estudo aponta para a necessidade de uma articulação orgânica entre as políticas de Educação em nosso país, sendo fundamental que o poder público municipal assuma, de fato, as creches como primeira etapa da Educação Básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

NÚBIA SCHAPER SANTOS, Universidade Federal de Juiz de Fora
Doutora em Educação - Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação - Universidade Federal de Juiz de Fora
VÍVIAM CARVALHO DE ARAÚJO, Universidade Federal de Juiz de Fora
Doutoranda em Educação - Programa de Pós-Graduação em Educação - Universidade Federal de Juiz de Fora
WAGNER SILVEIRA REZENDE, Universidade Federal de Juiz de Fora
Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora - Doutorando em Educação - Programa de Pós-Graduação em Educação - Universidade Federal de Juiz de Fora
Publicado
2018-12-19
Como Citar
SANTOS, N. S., ARAÚJO, V. C. D., & REZENDE, W. S. (2018). IDENTIDADE, DOCÊNCIA E FORMAÇÃO DE PROFESSORAS QUE ATUAM EM CRECHES: UM DIÁLOGO COM A PESQUISA. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 15(3), 29-41. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2451
Seção
DOSSIÊ: FORMAÇÃO DOCENTE: POLÍTICAS E PRÁTICAS