‘VISTA MINHA PELE’ E ‘BRANCO SAI, PRETO FICA’: POSSIBILIDADES E DESAFIOS DA UTILIZAÇÃO DE CENAS FÍLMICAS NA APRENDIZAGEM HISTÓRICA.

  • Patricia Paes Leme UEMS
  • Diogo da Silva Roiz UEMS
Palavras-chave: Aprendizagem histórica, Filmes, História e Cultura Afro-brasileira e Africana.

Resumo

Esse artigo é parte integrante da dissertação intitulada “O uso de filmes nas aulas de História e Cultura Afro-brasileira e Africana e sua influência na formação da consciência histórica em um curso de formação para o trabalho” defendido junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba e tem por objetivo analisar o uso de cenas fílmicas no ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana. Para tanto, nos ancoraremos na tipologia da consciência histórica criada pelo historiador e filósofo alemão Jörn Rüsen e em seu conceito de aprendizagem histórica. O objetivo dessa pesquisa é elucidar se: o uso de filmes, enquanto linguagem da cultura contemporânea de reconhecido valor pedagógico, para problematização de temas relativos ao ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana pode provocar mudanças na consciência histórica de jovens estudantes do ensino médio e influenciar seu processo de aprendizagem histórica. Para tanto, a partir de uma pesquisa participante e de um tratamento qualitativo dos dados, propomos: a) proceder à análise das narrativas elaboradas pelos sujeitos pesquisados; b) investigar o nível das competências desses educandos para atribuir significados e se localizar no tempo. Dentre os resultados alcançados pode-se apontar que: a utilização de cenas fílmicas apresenta possibilidades promissoras no que tange a complexibilização do pensamento histórico, a aprendizagem histórica e, por conseguinte, ao incremento da consciência histórica desses sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Paes Leme, UEMS
Mestre em Educação com ênfase em História, Sociedade e Educação pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; professora de História no Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM).
Diogo da Silva Roiz, UEMS
Doutor em História pela UFPR, professor do programa de pós-graduação em Educação da UEMS.
Publicado
2018-12-20
Como Citar
Leme, P., & Roiz, D. (2018). ‘VISTA MINHA PELE’ E ‘BRANCO SAI, PRETO FICA’: POSSIBILIDADES E DESAFIOS DA UTILIZAÇÃO DE CENAS FÍLMICAS NA APRENDIZAGEM HISTÓRICA. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 15(4), 83-96. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2436