INTERNET DAS COISAS (IOT): AS CONSEQUÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO UBÍQUA NA SOCIEDADE

Autores

  • Thiago Seti Patricio Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Matheus Teixeira Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Maria da Graça Mello Magnoni Universidade Estadual Paulista – UNESP
  • Francisco Rolfsen Belda Universidade Estadual Paulista – UNESP

Palavras-chave:

Internet das Coisas. Computação ubíqua. Informação. Tecnologia. Mídias digitais

Resumo

O presente artigo apresenta uma análise de conceitos e utilidades que perpassam a computação ubíqua e a Internet das Coisas (IoT) com o objetivo de demonstrar as consequências da ubiquidade no cotidiano das pessoas. Nesta pesquisa é possível verificar que os autores fazem relatos detalhados de produtos ou serviços de IoT. Para isso, consultaram artigos e reportagens sobre criações que estavam em prática de 2014 a 2017. O ponto central deste artigo é mostrar exemplos reais de aplicações de IoT e os efeitos da computação ubíqua na sociedade, como: surgimento de um novo tipo de usuário, denominado ubíquo; interatividade entre médicos e pacientes; dispositivos vestíveis; entre outros. Destaca-se que uma nova base de relações e aquisição de informações é estabelecida com a conectividade de objetos à Internet, tais como geladeiras, televisores, carros, pulseiras, óculos e relógios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2018-05-23

Como Citar

Patricio, T. S., Teixeira, M., Magnoni, M. da G. M., & Belda, F. R. (2018). INTERNET DAS COISAS (IOT): AS CONSEQUÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO UBÍQUA NA SOCIEDADE. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 15(1), 83-93. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2323

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##