APRENDER NA ESCOLA PARA ALÉM DA SALA DE AULA: COMUNIDADES DE PRÁTICA, PARTICIPAÇÃO PERIFÉRICA LEGÍTIMA E ESPAÇOS DE AFINIDADE NO AMBIENTE ESCOLAR FORMAL

  • Cláudio Roberto Antunes Scherer Júnior UFSC
Palavras-chave: comunidade de prática, participação periférica legítima, espaço de afinidade

Resumo

O ambiente formal de ensino pode ser um local de variadas formas de construção de conhecimentos. Isso pode ser constatado no cotidiano de qualquer instituição escolar, onde as interações entre estudantes são constantes e, portanto, as trocas de conhecimento também. A intenção deste artigo é refletir sobre os momentos não considerados propriamente de ensino/aprendizagem, momentos extraclasses que podem se tornar fonte de conhecimentos importante para a vida dos estudantes. Para isso, alguns autores de diferentes áreas de conhecimento são mobilizados, principalmente, Tassinari (2012; 2015), Lave e Wenger (1991), Gee (2004) e Freire (1983; 1999). Por meio de apontamentos feitos a partir de memórias pessoais, foi possível refletir sobre algumas formas de aprendizagem extraclasse possíveis em ambiente escolar. Parece ser fundamental o desafio de superar a hegemonia da aprendizagem escolarizada, bem como do exclusivismo dos conteúdos escolares como únicas fontes de sabedoria, em detrimento das aprendizagens fruto de interações humanas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio Roberto Antunes Scherer Júnior, UFSC
Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, linha de pesquisa Sociologia e História da Educação. Bacharel e Licenciado em História pela UFSC. Com Especialização em História e Cultura Afro-Brasileira pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI. Vinculado ao Grupo de Pesquisa Patrimônio, Memória e Educação - PAMEDUC. Desenvolve estudos relacionados com Saberes Docentes e Cultura Escolar.
Publicado
2018-11-30
Como Citar
Scherer Júnior, C. R. A. (2018). APRENDER NA ESCOLA PARA ALÉM DA SALA DE AULA: COMUNIDADES DE PRÁTICA, PARTICIPAÇÃO PERIFÉRICA LEGÍTIMA E ESPAÇOS DE AFINIDADE NO AMBIENTE ESCOLAR FORMAL. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 15(2), 88-94. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/2058