SER PROFESSOR NO SÉCULO XXI: AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE ALUNOS INGRESSANTES E CONCLUINTES DE UM CURSO DE PEDAGOGIA

Autores

  • Mayara Aparecida Pereira Menezes
  • Augusta Boa Sorte O. Klebis
  • Raimunda Abou Gebran UNOESTE

Palavras-chave:

Formação de Professores. Identidade docente. Representações Sociais. Formação Inicial

Resumo

O presente artigo relata uma pesquisa que buscou trazer para o debate o papel das representações sociais na construção da identidade docente e como a formação inicial poderá contribuir para o fortalecimento desse processo, rumo a uma profissionalidade que atenda aos desafios atuais da docência. Assim, teve como objetivo geral realizar uma reflexão sobre as representações sociais de alunos ingressantes e concluintes do curso de pedagogia sobre o que é ser professor, no contexto atual, e sua relação com a construção da identidade docente. Mais especificamente buscou: a) comparar as representações sociais entre alunos ingressantes e concluintes do curso de Pedagogia; b) analisar a influência do contexto cultural, social e político educacional na construção dessas representações; c) refletir sobre o estabelecimento de um diálogo entre as representações sociais dos alunos e a qualidade da formação inicial ofertada pela instituição. Optou-se por uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa, que se apoiou na Teoria das Representações Sociais (TRS) desenvolvida por Moscovici (2015) bem como na abordagem estrutural das representações- Teoria do Núcleo Central, proposta por Abric (1994). Os dados foram coletados por meio de um questionário e do Teste de Associação Livre de Palavras – TALP. A análise dos dados obtidos na pesquisa de campo, permite concluir que o curso de Pedagogia tem uma influência expressiva, na constituição da identidade docente. Dessa forma, se configura também como espaço de construção e reconstrução de representações sociais, que tendem a refletir, de forma positiva, no exercício da futura profissão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-04-12

Como Citar

Aparecida Pereira Menezes, M., Boa Sorte O. Klebis, A., & Gebran, R. A. (2017). SER PROFESSOR NO SÉCULO XXI: AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE ALUNOS INGRESSANTES E CONCLUINTES DE UM CURSO DE PEDAGOGIA. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 13(3), 58-66. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1767

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>