A MÍDIA COMO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Autores

  • Anderson dos Santos Carvalho Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP
  • Aline Madia Mantovani UNESP
  • Tatyane Perna Silva Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP
  • Pedro Pugliesi Abdalla EEFERP – USP

Palavras-chave:

Formação Profissional. Educação Física. Mídia.

Resumo

Esse trabalho tem como objetivo analisar a difusão dos conteúdos sobre cultura corporal pela mídia e desenvolver reflexões acerca da formação de professores de Educação Física. A mídia, enquanto instituição difusora de informações, utiliza-se de seu poder simbólico para transmitir referências de modelos corporais de beleza associados a noções de saúde nem sempre condizentes com a realidade da maioria da população, difundindo os elementos da cultura corporal como um dos principais meios para esse fim. Sendo a escola um local para a construção/difusão do conhecimento, cabe a seus professores analisar tais mensagens midiáticas e trabalhar com os alunos de forma a questiona-las e melhor relaciona-las à realidade. Deste modo, os cursos de formação de professores em Educação Física constituem a porta de entrada para o início deste tipo de questionamento, viabilizando aos sujeitos acesso a elementos teóricos para que possam refletir sobre as informações e imagens transmitidas pela mídia, incluindo, principalmente, a espetacularização do esporte, foco desse estudo. Conforme exposto, a discussão proposta é de fundamental importância para que os futuros professores tenham acesso a conhecimentos acerca de como as informações relacionadas ao corpo e às práticas corporais são produzidas e difundidas na sociedade atual. Consequentemente, tais sujeitos poderão realizar uma leitura de qualidade dos conteúdos que circulam no meio midiático, podendo ter uma atuação futura diferente junto à sociedade, contra padrões de beleza, saúde e corpo preestabelecidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson dos Santos Carvalho, Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP

Professor de Educação Física pela Universidade do Oeste Paulista/UNOESTE; Mestre em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP

Aline Madia Mantovani, UNESP

Doutoranda em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia FCT/UNESP, campus de Presidente Prudente. Atua nas seguintes áreas: trabalho infantil, Educação de Jovens e Adultos, resiliência; adultos; gênero, sexualidade e educação; crianças e adolescentes em situação de risco.

Tatyane Perna Silva, Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP

Professora de Educação Física pela Universidade Estadual de Ponta Grossa; Mestre em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP.

Pedro Pugliesi Abdalla, EEFERP – USP

Professor de Educação Física, formado pela Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto / EEFERP – USP.

Publicado

2016-09-02

Como Citar

Carvalho, A. dos S., Mantovani, A. M., Silva, T. P., & Abdalla, P. P. (2016). A MÍDIA COMO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 13(2), 23-29. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1212