PERCEPÇÃO DE ALUNOS E PROFESSORES DE ENFERMAGEM QUANTO AO DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA ATENÇÃO À SAÚDE

Autores

  • Larissa Sapucaia Ferreira Esteves UNOESTE
  • Claudia Pereira de Pádua Sabia Unesp - Marília
  • Isabel Cristina Kowal Olm Cunha Unifesp - SP

Palavras-chave:

Competência profissional. Prática profissional. Ensino. Educação em enfermagem. Atenção à Saúde

Resumo

Este estudo teve por objetivo analisar o papel do Estágio Curricular Supervisionado (ECS) no desenvolvimento de uma das competências básicas posta pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em enfermagem, a competência Atenção á Saúde. Trata-se de pesquisa quanti-qualitativa de estudo de caso. Os sujeitos foram os atores envolvidos com a dinâmica do estágio, ou seja, estudantes do último semestre da graduação e docentes. A coleta de dados se deu por meio da aplicação de questionário semiestruturado, que gerou dados objetivos e dados subjetivos. Para a análise dos dados utilizou-se da estatística descritiva e da análise de conteúdos. Conclui-se que estudantes e docentes consideram que esta competência foi desenvolvida durante a realização do estágio. Das ações realizadas no dia a dia, três foram significativas para o desenvolvimento da competência Atenção á Saúde, sendo elas: relação com outros serviços da rede de atenção á saúde, resolução de problemas em âmbito individual e/ou coletivo e atividades de caráter técnico. A análise dos dados mostrou que o desenvolvimento de competências vai além da realização repetitiva de ações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Sapucaia Ferreira Esteves, UNOESTE

Doutoranda pela Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo. Mestre em Educação pela Universidade do Oeste Paulista. Membro do Grupo de Pesquisa em Gerenciamento em Enfermagem (Unifesp). Docente do curso de Enfermagem da Universidade do Oeste Paulista.

Claudia Pereira de Pádua Sabia, Unesp - Marília

Doutora e mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Membro do Grupo de Pesquisa Organizações e Democracia desde 1997. Professora Assistente do Departamento de Administração e Supervisão Escolar - DASE da Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC da UNESP, campus de Marília.

Isabel Cristina Kowal Olm Cunha, Unifesp - SP

Enfermeira. Doutora em Ciências. Professora Adjunta e Vice Líder do GEPAG da UNIFESP

Publicado

2016-04-04

Como Citar

Esteves, L. S. F., Sabia, C. P. de P., & Cunha, I. C. K. O. (2016). PERCEPÇÃO DE ALUNOS E PROFESSORES DE ENFERMAGEM QUANTO AO DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA ATENÇÃO À SAÚDE. Colloquium Humanarum. ISSN: 1809-8207, 12(4), 114-129. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ch/article/view/1043