SÍNTESE CONTÍNUA DE BIODIESEL POR TRANSESTERIFICAÇÃO NÃO CATALÍTICA DE ÓLEO DE PINHÃO MANSO EM ETANOL

Autores

  • Bruna Cruzeiro Lopes Universidade do Oeste Paulista
  • Jéssica de Carvalho Lima Universidade do Oeste Paulista
  • Alexandre Teixeira de Souza Universidade do Oeste Paulista

Palavras-chave:

biodiesel, transesterificação não catalítica, método supercrítico, óleo de pinhão manso.

Resumo

Este projeto teve a proposta viabilizar a obtenção do biodiesel utilizando o óleo extraído da Jatropha curcas L., também conhecida como pinhão manso, através da transesterificação contínua e não-catalítica utilizando etanol em condições pressurizadas. As análises experimentais visaram avaliar a influência das variáveis de processo tais como: temperatura, razão molar de óleo para álcool e tempo de residência sobre a conversão da reação em termos de ésteres etílicos de ácidos graxos, objetivando o estabelecimento de condições amenas de operação e garantia de qualidade do produto gerado. O método supercrítico apresenta facilidade de separação dos produtos da reação, tornando a purificação do biodiesel mais fácil e sustentável, redução considerável do tempo de reação e não apresenta restrição em relação ao teor de ácidos graxos livres e água presentes nos substratos, justificando a utilização da presente metodologia, para a obtenção de biodiesel proveniente de óleo de pinhão manso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2013-05-14

Como Citar

Lopes, B. C., Lima, J. de C., & Teixeira de Souza, A. (2013). SÍNTESE CONTÍNUA DE BIODIESEL POR TRANSESTERIFICAÇÃO NÃO CATALÍTICA DE ÓLEO DE PINHÃO MANSO EM ETANOL. Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 4(1), 17-26. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ce/article/view/695

Edição

Seção

Artigos Originais