COMPORTAMENTO DE MOTORISTAS COM SEMÁFOROS TEMPORIZADOS: UM ESTUDO UTILIZANDO ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA

  • Annanda Hellen Gomes da Costa
  • José Gilberto Spasiani Rinaldi Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Resumo

Atualmente há um aumento significativo no número de veículos que transitam nas cidades brasileiras. Os agentes responsáveis pelo planejamento de fluxo de veículos têm utilizado de tecnologias para o enfrentamento dos problemas decorrentes deste fato com o objetivo principal de segurança no trânsito. Este trabalho trata de estudar o comportamento de risco dos motoristas diante de dois tipos de semáforos de trânsito, com e sem temporizador. Para este objetivo foi utilizada uma técnica de estatística multivariada denominada Análise de Correspondência sendo que esta relaciona as categorias de duas ou mais variáveis permitindo interpretações para classificar os motoristas segundo seu comportamento. Foram realizadas coletas amostrais na cidade de Presidente Prudente revelando que os motoristas têm um comportamento de se arriscarem mais com os semáforos sem temporizador. Uma das conclusões do estudo, talvez a mais importante, é devida ao fato de que os investimentos que foram realizados nos semáforos com temporizador podem ser considerados justificados considerando-se a diminuição de riscos de acidente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-13
Como Citar
Hellen Gomes da Costa, A., & Gilberto Spasiani Rinaldi, J. (2018). COMPORTAMENTO DE MOTORISTAS COM SEMÁFOROS TEMPORIZADOS: UM ESTUDO UTILIZANDO ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA. Colloquium Exactarum. ISSN: 2178-8332, 10(2), 17-23. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ce/article/view/2675