DESEMPENHO DE CORDEIROS MESTIÇOS DORPER MACHOS E FEMEAS, EM CREEP FEEDING RECEBENDO RAÇÃO PELETIZADA ATÉ A DESMAMA

  • Marilice Zundt UNOESTE
  • Kelly Priscila de Oliveira UNOESTE
  • Ana Claudia Ambiel UNOESTE
  • Fabiola Cristine de Almeida Rego UNOPAR
  • Calie Castilho UNOESTE
  • Ricardo Firetti APTA/SAA-SP
Palavras-chave: cocho privativo, confinamento, ganho de peso, ovinos.

Resumo

Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar o desempenho de cordeiros mestiços Dorper machos e fêmeas, em creep feeding recebendo ração peletizada até a desmama. Foram utilizados 33 cordeiros machos e fêmeas (17 fêmeas e 16 machos), oriundos do cruzamento de fêmeas rebanho comercial com macho da raça Dorper. O sistema de creep feeding foi realizado em baia coletiva e mantido ate a desmama (80 dias). O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado. Os dados coletados para cada variável foram submetidos à análise de variância onde a comparação das médias foi realizada pelo teste Tukey (p<0,05) por intermédio do programa estatístico ASSISTAT.O uso da ração peletizada no sistema de creep feeding proporcionou aos cordeiros peso a desmama de 19,9 kg, considerando que os mesmos são filhos de ovelhas mestiças. Em relação ao ganho de peso diário, o resultado obtido foi de 0,214 kg/dia em função da genética das matrizes, porém abaixo do recomendado para este sistema de terminação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kelly Priscila de Oliveira, UNOESTE
Zootecnista
Ricardo Firetti, APTA/SAA-SP
Pesquisador APTA/SAA-SP , Presidente Prudente/SP
Publicado
2014-12-17
Como Citar
Zundt, M., Oliveira, K. P. de, Ambiel, A. C., Rego, F. C. de A., Castilho, C., & Firetti, R. (2014). DESEMPENHO DE CORDEIROS MESTIÇOS DORPER MACHOS E FEMEAS, EM CREEP FEEDING RECEBENDO RAÇÃO PELETIZADA ATÉ A DESMAMA. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 10(1), 26-32. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/974

Outros artigos do(s) mesmo(s) autor(es)