PRODUTIVIDADE DE SOJA EM DIFERENTES POSIÇÕES ENTRE RENQUES DE EUCALIPTO EM CULTIVO CONSORCIADO

  • Fabrício Loureiro de Almeida
  • Juliano Carlos Calonego UNOESTE
  • Carlos Sérgio Tiritan UNOESTE
  • Fábio Fernando Araújo Unoeste
  • Paulo Claudeir Gomes da Silva Unoeste
Palavras-chave: integração lavoura-pecuária-floresta, Glycine max, solos arenosos

Resumo

Sistemas consorciados de produção podem contribuir para a sustentabilidade dos sistemas agropecuários, no entanto, poderá ocorrer competição entre as espécies envolvidas. Objetivou-se avaliar o efeito do cultivo consorciado entre soja e eucalipto em diferentes posições da faixa de cultivo da soja em relação aos renques das árvores. O experimento foi conduzido em área experimental do Campus II da Universidade do Oeste Paulista em Presidente Prudente (SP), em um Argissolo Vermelho, entre maio de 2010 e março de 2012. Foram avaliados três posições da faixa de cultivo da soja entre os renques de eucalipto, sendo essas: 1- extremidade oeste; 2- centro da faixa; e 3- extremidade leste. Por ocasião do estádio de enchimento de grãos da soja, após um período de 10 dias de chuva, foram realizadas avaliações de umidade e temperatura do solo na camada de 0 a 5 cm, além da radiação solar incidente, em diferentes horários do dia. A produtividade da soja é reduzida em cultivo consorciado com eucalipto, quando há sombreamento promovido pelas árvores em horários do dia em que a disponibilidade de água e a temperatura são adequadas para a máxima atividade fotossintética da soja

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-17
Como Citar
Almeida, F. L. de, Calonego, J. C., Tiritan, C. S., Araújo, F. F., & Silva, P. C. G. da. (2014). PRODUTIVIDADE DE SOJA EM DIFERENTES POSIÇÕES ENTRE RENQUES DE EUCALIPTO EM CULTIVO CONSORCIADO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 10(1), 33-44. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/955

Outros artigos do(s) mesmo(s) autor(es)