EFEITO DO PROBIÓTICO NA RESPOSTA IMUNE HUMORAL EM BOVINOS

Autores

  • Luis Eduardo Almeida
  • Sandra Cristina Genaro UNOESTE
  • Thaís Cristina Geroti
  • Neuza Frazatti_Galina
  • Rogério Giuffrida
  • Paulo Eduardo Pardo

Palavras-chave:

Ruminantes, raiva, anticorpos.

Resumo

Esse estudo avaliou o efeito da suplementação do probiótico adicionado à mistura mineral na resposta imune humoral em bovinos vacinados com uma única dose de vacina antirrábica. 40 bovinos machos, Nelore, com idade de 15 meses foram divididos aleatoriamente em 2 grupos (20 bovinos/grupo): Grupo controle (GC) com 70 gramas de suplemento mineral/animal/dia, grupo probiótico (GP) com 70 gramas de suplemento mineral adicionado 4 gramas de probiótico/animal. Os títulos individuais de anticorpos neutralizantees (IgM) foram determinados por meio da técnica de soroneutralização baseado no Rapid Fluorescent Focus Inhibition Test (RFFIT) e no Fluorescent Inhibitio Microtest (FIMT). Não houve diferenças estatísticas significativas entre as médias de concentrações séricas de IgM entre os grupos, concluindo que a administração de probióticos não interferiu na resposta imune humoral antirrábica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2012-11-28

Como Citar

Almeida, L. E., Genaro, S. C., Geroti, T. C., Frazatti_Galina, N., Giuffrida, R., & Pardo, P. E. (2012). EFEITO DO PROBIÓTICO NA RESPOSTA IMUNE HUMORAL EM BOVINOS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 8(1), 26-35. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/536

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>