USO DE SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTA E PIMENTÃO

  • Lucely Pereira da Silva
  • Alessandra Conceição de Oliveira
  • Naiara Ferreira Alves
  • Valéria Lima da Silva
  • Toshik Iarley da Silva Universidade Federal de Viçosa
Palavras-chave: Capsicum spp., Capsicum annum, adubação, matéria orgânica

Resumo

A produção de mudas com padrões de qualidade adequados requer substratos que disponibilizem características químicas e físicas propícias para tal finalidade. Com isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar diferentes substratos na produção de mudas de pimentas e pimentões. O experimento foi conduzido no viveiro da Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus de Nova Xavantina. Para tanto comparou-se os seguintes compostos: substrato comercial (Carolina Soil®), areia lavada + palha de arroz carbonizada + esterco bovino (1:1:1 v/v/v), areia lavada + palha de arroz carbonizada + húmus de minhoca (1:1:1 v/v/v), Carolina Soil® + palha de arroz carbonizada + esterco bovino (1:1:1 v/v/v) e Carolina Soil® + palha de arroz carbonizada + húmus de minhoca (1:1:1 v/v/v). Foram conduzidos dois experimentos simultaneamente, ambos realizados em delineamento em blocos casualizados. O primeiro foi realizado em esquema fatorial 5 (substratos) x 2 (cultivares de pimenta), com quatro repetições. O segundo experimento foi realizado em esquema fatorial 5(substratos) x 3 (cultivares de pimentão), com quatro repetições.  Foram avaliadas o índice de velocidade de emergência, porcentagem de emergência, altura de parte aérea, diâmetro de colo, número de folhas, e massas frescas e secas da parte aérea, raiz e total. O substrato comercial Carolina Soil® foi o mais adequado para a produção de mudas de pimenta e pimentão, pois o mesmo proporcionou melhor desempenho das mudas. Como substrato alternativo, recomenda-se o substrato composto por substrato comercial + palha de arroz + esterco bovino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, H. Q.; ROSSETE, A. N.; GROSS, M. S. Caracterização do uso e cobertura da terra na microbacia hidrográfica do Córrego Murtinho, Nova Xavantina – MT. Caminhos de Geografia, v.12, n.8, p. 41-56, 2011.

ARAÚJO NETO, S. E.; AZEVEDO, J. M. A.; GALVÃO, R. O.; OLIVEIRA, E. B. L.; FERREIRA, R. L. F. Produção de muda orgânica de pimentão com diferentes substratos. Ciência Rural, v.39, n.5, p. 1408-1413, 2009. https://doi.org/10.1590/S0103-84782009005000099

ARAÚJO, A. C.; ARAÚJO, A. C.; DANTAS, M. K. L.; PEREIRA, W. E.; ALOUFA, M. A. I. Utilização de substratos orgânicos na produção de mudas de mamoeiro formosa. Revista Brasileira de Agroecologia, v.8, n.1, p. 210-216, 2013.

BATISTA, T. B.; BINOTTI, F. F. S.; CARDOSO, E. D.; BARDIVIESSO, E. M.; COSTA, E. Aspectos fisiológicos e qualidade de mudas da pimenteira em resposta ao vigor e condicionamento das sementes. Bragantia, v.74, n.4, p. 367-373, 2015. https://doi.org/10.1590/1678-4499.0133

BÜTTOW, M. V.; BARBIERI, R. L.; NEITZKE, R. S.; HEIDEN, G.; CARVALHO, F. I. F. D. Diversidade genética entre acessos de pimentas e pimentões da Embrapa Clima Temperado. Ciência Rural, v.40, n.6, p. 1264-1269, 2010. https://doi.org/10.1590/S0103-84782010000600004

COSTA, E.; JORGE, M. H.; SCHWERZ, F.; CORTELASSI, J. A. D. S. Emergência e fitomassa de mudas de pimentão em diferentes substratos. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.8, n.3, p. 396-401, 2013. https://doi.org/10.5039/agraria.v8i3a2428

COSTA, L. A. D. M.; COSTA, M. S. S. M.; PEREIRA, D. C.; BERNARDI, F. H.; MACCARI, S. Avaliação de substratos para a produção de mudas de tomate e pepino. Revista Ceres, v.60, n.5, p. 675-682, 2015. https://doi.org/10.1590/S0034-737X2013000500011

DINIZ, K.; GUIMARÃES, S. T. M. R.; LUZ, J. M. Q. Húmus como substrato para a produção de mudas de tomate, pimentão e alface. Bioscience Journal, v.22, n.3, p. 63-70, 2006.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v.35, n.6, p. 1039-1042, 2011. https://doi.org/10.1590/S1413-70542011000600001

FREITAS, G. A.; SILVA, R. R.; BARROS, H. B; MELO, A. V.; ABRAHÃO, W. A. P. Produção de mudas de alface em função de diferentes combinações de substratos. Revista Ciência Agronômica, v.44, n.1, p. 159-166, 2013. https://doi.org/10.1590/S1806-66902013000100020

GONÇALVES, F. C. M.; ARRUDA, F. P.; SOUSA, F. L.; ARAÚJO, J. R. Germinação e desenvolvimento de mudas de pimentão Cubanelle em diferentes substratos. Revista Mirante (UFG), v.9, n.1, p. 35-45, 2016.

LABOURIAU, L. G.; VALADARES, M. E. B. On the germination of seeds Calotropis procera (Ait.) Ait.f. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v.48, n.2, p. 263-284, 1976.

MACIEL, T. C. M.; SILVA, T. I.; ALCANTARA, F. D. O.; MARCO, C. A.; NESS, R. L. L. Substrato à base de pequi (Caryocar coriaceum) na produção de mudas de tomate e pimentão. Journal of Neotropical Agriculture, v.4, n.2, p. 9-16, 2017. https://doi.org/10.32404/rean.v4i2.1551

MAGUIRE, J. D. Speed of gerrnination - aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v.2, n.2, p. 176-177, 1962. https://doi.org/10.2135/cropsci1962.0011183X000200020033x

MARQUES, A. R. F.; DELOSS, A. M.; OLIVEIRA, V. S.; BOLIGON, A. A.; VESTENA, S. Produção e qualidade de mudas de Eugenia uniflora L. em diferentes substratos. Ambiência, v.14, n.1, p. 44-56, 2018.

MEDEIROS, L. A. M.; MANFRON, P. A.; MEDEIROS, S. L. P.; BONNECARRÈRE, R. A. G. Crescimento e desenvolvimento da alface (Lactuca sativa L.) conduzida em estufa plástica com fertirrigação em substratos. Ciência Rural, v.31, n.2, p. 199- 204, 2001. https://doi.org/10.1590/S0103-84782001000200002

NADAI, F. B.; MENEZES, J. B. C.; CATÃO, H. C. R. M.; ADVÍNCULA, T.; COSTA, C. A. Produção de mudas de tomateiro em função de diferentes formas de propagação e substratos. Revista Agro@mbiente On-line, v.9, n.3, p. 261-267, 2015. https://doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v9i3.2348

ROCHA, M. Q.; COGO, C. M.; OLANDA, R.B. Casca de arroz in natura como substrato para produção de mudas de tomateiro. Revista Brasileira de Agroecologia, v.2, n.2, p. 1208-1211, 2007.

ROSA, J. Q. S.; FERREIRA, R. C.; BALBINO, M. P. A.; TAVARES, T. R.; BEZERRA, R. S.; FARIAS, J. G. Produção de mudas de pimentão: substratos comerciais e fertirrigação. 2011. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011. Disponível em: http://www.sbpcnet.org.br/livro/63ra/conpeex/mestrado/trabalhos-mestrado/mestrado-juliano-queiroz.pdf. Acesso em: 04 mar. 2019.

SAIDELLES, F. L. F.; CALDEIRA, M. V. W.; SCHIRMER, W. N.; SPERANDIO, H. V. Casca de arroz carbonizada como substrato para produção de mudas de tamboril-da-mata e garapeira. Semina: Ciências Agrárias, v.30, n.1, p. 1173-1186, 2009. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2009v30n4Sup1p1173

SANTOS, M. R.; SEDIYAMA, M. A. N.; SALGADO, L. T.; VIDIGAL, S. M.; REIGADO, F. R. Produção de mudas de pimentão em substratos à base de vermicomposto. Bioscience Journal, v.26, n.4, p. 572-578, 2010.

SILVA, E. A.; MENDONCA, V.; TOSTA, M. S.; OLIVEIRA, A. C.; REIS, L. L.; BARDIVIESSO, D. M. Germinação da semente e produção de mudas de cultivares de alface em diferentes substratos. Semina: Ciências Agrarias, v.29, n.2, p. 245-254, 2008. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2008v29n2p245

SILVA, J. D. C.; LEAL, T. T. B.; ARAÚJO, R. M.; GOMES, R. L. F.; ARAÚJO, A. S. F.; MELO, W. J. Emergência e crescimento inicial de plântulas de pimenta ornamental e celosia em substrato à base de composto de lodo de curtume. Ciência Rural, v.41, n.3, p. 412-417, 2011. https://doi.org/10.1590/S0103-84782011000300008

SMIDERLE, O. J.; SALIBE, A. B.; HAYASHI, A. H.; MINAMI, K. Produção de mudas de alface, pepino e pimentão em substratos combinando areia, solo e Plantmax®. Horticultura Brasileira, v.19, n.3, p. 253-257, 2001. https://doi.org/10.1590/S0102-05362001000300022

STEFFEN, G. P. K.; ANTONIOLLI, Z. I.; STEFFEN, R. B.; MACHADO, R. G. Casca de arroz e esterco bovino como substratos para a multiplicação de minhocas e produção de mudas de tomate e alface. Acta Zoológica Mexicana, v.26, n.2, p. 333-343, 2010. https://doi.org/10.21829/azm.2010.262898

SOUZA, E. G. F.; JÚNIOR, A. P. B.; SILVEIRA, L. M.; SANTOS, M. G.; SILVA, E. F. Emergência e desenvolvimento de mudas de tomate IPA 6 em substratos, contendo esterco ovino. Ceres, v.60, n.6, p. 902-907, 2015. https://doi.org/10.1590/S0034-737X2013000600020

TRANI, P. E.; NOVO, M. C. S. S.; CAVALLARO JÚNIOR, M. L.; TELLES, L. M. G. Produção de mudas de alface em bandejas e substratos comerciais. Horticultura Brasileira, v.22, n.2, p. 290-294, 2004. https://doi.org/10.1590/S0102-05362004000200025

TRENTO, E. J; SEPULCRI, O.; MORIMOTO, F. Comercialização de frutas, legumes e verduras. Curitiba: Instituto Emater, 2011. 40 p. (Série Informação Técnica, 85). Disponível em: http://www.asbraer.org.br/arquivos/bibl/79-com.pdf. Acesso em: 04 mar. 2019.

Publicado
2019-06-06
Como Citar
da Silva, L. P., de Oliveira, A. C., Alves, N. F., da Silva, V. L., & Silva, T. I. da. (2019). USO DE SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTA E PIMENTÃO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(3), 104-115. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2823