ABORDAGEM MULTIVARIADA DO FLUXO DE TECIDOS EM PASTOS DE Brachiaria brizantha

  • Caio Vinicio Vargas de Oliveira
  • Rodrigo Amorim Barbosa
  • Raísa Turcato de Oliveira
  • Patrick Bezerra Fernandes Universidade Federal do Mato Grosso do Sul
Palavras-chave: morfogênese, pastejo, plasticidade fenotípica

Resumo

A hipótese testada foi que pastos de clima tropical da mesma espécie, porém com hábitos de crescimento distintos, apresentariam oscilações na plasticidade fenotípica ao longo do ano. Assim, o presente trabalho visa avaliar as características morfológicas e estruturais de cultivares de Brachiaria brizantha em sistema de pastejo em lotação intermitente. O experimento foi conduzido Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Centro Nacional de Pesquisa em Gado de Corte. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com três tratamentos e três repetições, totalizando nove unidades experimentais (piquetes). Cada piquete foi constituído de uma área de 1,5 hectares igualmente subdividida em seis subunidades (réplicas) em método de pastejo rotativo. Os tratamentos foram constituídos por gramíneas da mesma espécie (Brachiaria brizantha) compostas pela Brachiaria brizantha cv.Xaraés, BRS Paiaguás e o ecótipo B4. Utilizou-se os dados de morfogênese e estrutura para estimar as primeira e segunda variáveis canônicas, bem como os coeficientes canônicos padronizados. Os coeficientes canônicos padronizados da primeira variável canônica, mostraram que filocrono e duração de vida de folha são as variáveis que mais interferem sobre a primeira variável canônica A primeira variável canônica explica 95% da variação no fluxo de tecidos, além disso, é possível observar uma distribuição diferenciada no fluxo de tecidos entre os pastos estudados. Diante disso, em manejos baseados em lotação intermitente recomenda-se que para a diversificação de espécies em ambientes pastoris, a cultivar Xaraés seja utilizada como principal recurso forrageiro no período das águas e a BRS Paiaguás seja utilizada de forma estratégica no período seco. A plasticidade fenotípica dos pastos B. brizantha podem ser elucidados pela duração de vida de folha e filocrono.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, R. A.; NASCIMENTO JÚNIOR, D. D.; VILELA, H. H., SILVA, S. C. D.; EUCLIDES, V. P. B.; SBRISSIA, A. F.; SOUSA, B. M. D. L. Morphogenic and structural characteristics of guinea grass pastures submitted to three frequencies and two defoliation severities. Revista Brasileira de Zootecnia, v.40, n.5, p. 947-954, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982011000500002.

CHAPMAN, D. F.; LEMAIRE, G. Morphogenetic and structural determinants of plant regrowth after defoliation. In: BAKER, M. J. (Ed.). Grasslands for our world. Wellington: SIR Publishing, 1993. p. 55-64.

DIFANTE, G. D. S.; NASCIMENTO JÚNIOR, D. D.; SILVA, S. C. D.; EUCLIDES, V. P. B.; MONTAGNER, D. B.; SILVEIRA, M. C. T. D.; PENA, K. D. S. Morphogenetic and structural characteristics of marandu palisadegrass subjected to combinations of cutting heights and cutting intervals. Revista Brasileira de Zootecnia, v.40, n.5, p. 955-963, 2011. https://doi.org/10.1590/S1516-35982011000500003

EUCLIDES, V. P. B.; MACEDO, M. C. M.; VALLE, C. B.; BARBOSA, R. A.; GONÇALVES, W. V. Produção de forragem e características da estrutura do dossel de cultivares de Brachiaria brizantha sob pastejo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.43, n.12, p. 1805-1812, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2008001200023.

GASTAL, F; LEMAIRE, G. Defoliation, shoot plasticity, sward structure and herbage utilization in pasture: review of the underlying ecophysiological processes. Agriculture, v.5, n.4, p. 1146-1171, 2015. http://dx.doi.org/10.3390/agriculture5041146.

HODGSON, J. The frequency of defoliation of individual tillers in a set stocked sward. Journal of the British Grassland Society, v.21, p.258-263, 1966. https://doi.org/10.1111/j.1365-2494.1966.tb00483.x

LARA, M. A. S.; PEDREIRA, C. G. S. Respostas morfogênicas e estruturais de dosséis de espécies de Braquiária à intensidade de desfolhação. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.46, n.7, p. 760-767, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2011000700012.

LEMAIRE, G.; CHAPMAN, D. Tissue flows in grazed plant communities. In: HODGSON, J.; ILLIUS, A.W. (Ed.). The ecology and management of grazing systems. Wallingford: CAB International, 1996. p. 3-36.

LEMAIRE, G.; DA SILVA, S. C.; AGNUSDEI, M.; WADE, M.; HODGSON, J. Interactions between leaf lifespan and defoliation frequency in temperate and tropical pastures: a review. Grass and Forage Science, v.64, n.4, p. 341-353, 2009. http://dx.doi.org/10.1111/j.1365-2494.2009.00707.x.

MAZZANTI, A.; LEMAIRE, G. Effect of nitrogen fertilization on herbage production of tall fescue swards continuously grazed by sheep. 2. Consumption and efficiency of herbage utilization. Grass and forage Science, v.49, n.3, p.352-359, 1994. https://doi.org/10.1111/j.1365-2494.1994.tb02010.x

RODRIGUES, C. S.; NASCIMENTO JÚNIOR, D.; DETMANN, E.; SILVA, S. C.; SOUSA, B. M. D. L.; SILVEIRA, M. C. T. D. Functional clusters of tropical forage grasses. Revista Brasileira de Zootecnia, v.41, n.6, p. 1385-1393, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982012000600010

Publicado
2019-06-06
Como Citar
Oliveira, C. V. V. de, Barbosa, R. A., Oliveira, R. T. de, & Fernandes, P. B. (2019). ABORDAGEM MULTIVARIADA DO FLUXO DE TECIDOS EM PASTOS DE Brachiaria brizantha. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(3), 116-121. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2721

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##