ÉPOCA DE APLICAÇÃO DE FUNGICIDA NA CULTURA DO MILHO SEGUNDA SAFRA

Palavras-chave: estádio, doenças, severidade, produtividade

Resumo

Uma das limitações da expressão do potencial produtivo de híbridos de milho é a ocorrência de doenças foliares na cultura. O ajuste da época de aplicação dos fungicidas é essencial para haver sucesso no controle das principais doenças, e consequentemente, aos danos ocasionados pelas mesmas. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de fungicida, em diferentes estádios de desenvolvimento da cultura do milho de segunda safra. Para tanto, foram conduzidos dois experimentos no município de Astorga-PR, em delineamento de blocos completos com tratamentos aleatorizados, com cinco repetições. Os tratamentos avaliados foram compostos por quatro épocas de aplicação de fungicida (Trifloxistrobina 100 g L-1 + Tebuconazol 200 g L-1): V8, Pré-Florescimento, V8 + Pré-Florescimento, além da testemunha. As aplicações de fungicida em Pré-Florescimento e V8 + Pré-Florescimento reduziram a severidade de doenças do milho de segunda safra. A maior produtividade foi obtida pelas aplicações de fungicida em V8 + Pré-Florescimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lia Mara Moterle, Universidade Federal do Paraná

Engenheira Agrônoma pela UTFPR (2003), Mestre (2006) e Doutora (2010) em Produção Vegetal pela Universidade Estadual de Maringá

Renato Frederico dos Santos, Universidade Estadual de Maringá

Engenheiro Agrônomo, Mestre em Produção Vegetal pela Universidade Estadual de Maringá e Doutorando pela Universidade Estadual de Maringá.

Referências

AGROCERES. Guia Agroceres de sanidade. São Paulo: Sementes Agroceres, 1996. 72 p.

BANZATTO, D.A.; KRONKA, S.N. Experimentação agrícola. 4.ed. Jaboticabal: Funep, 2006. 237 p.

BARROS, R. Estudo sobre a aplicação foliar de acibenzolar-s-metil para indução de resistência à Ferrugem asiática em soja e Cercosporiose em milho. Arquivos do Instituto Biológico, v.78, n.4, p.519-528, 2011. http://dx.doi.org/10. 1590/S0100-54052006000300007

BONALDO, S.M.; DE PAULA, D.L.; CARRÉ-MISSIO, V. Avaliação da aplicação de fungicida em milho “safrinha” no munícipio de Boa Esperança-Paraná. Campo Digit@l, v.5, n.1, p.1-7, 2010.

BRANDÃO, A.M.; JULIATTI, F.C.; BRITO, C.H.; GOMES, L.S.; VALE, F.X.R.; HAMAWAKI, O.T. Fungicidas e épocas de aplicação no controle da Ferrugem Comum (Puccinia sorghi Schw.) em diferentes híbridos de milho. Bioscience Journal, v.19, n.1, p.43-52, 2003.

BRITO, A.H.; PEREIRA, J.L.A.R.; PINHO, R.G. VON; BALESTRE, M. Controle químico de doenças foliares e grãos ardidos em milho (Zea mays L.). Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.11, n.1, p.49-59, 2012. http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v11n1p49-59

BRITO, A.H.; VON PINHO, R.G.; PEREIRA, J.L.A.R.; BALESTRE, M. Controle químico da Cercosporiose, Mancha-Branca e dos Grãos Ardidos em milho. Revista Ceres, v.60, n.5, p.629-635, 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-737X2013000500005

BRITO, A.H.; VON PINHO, R.G.; SANTOS, A.O.; SANTOS, S. Reação de híbridos de milho e comparação de métodos para avaliação da Cercosporiose e Mancha branca. Tropical Plant Pathology, v.36, n.1, p.35-41, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1982-56762011000100005

CALONEGO, J.C.; POLETO, L.C.; DOMINGUES, F.N.; TIRITAN, C.S. Produtividade e crescimento de milho em diferentes arranjos de plantas. Agrarian, v.4, n.12, p.84-90, 2011.

CONAB. Acompanhamento da safra brasileira de grãos: 9º Levantamento, junho/2018. v. 5 - SAFRA 2017/18. https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos

COSTA, D.F.; VIEIRA, B.S.; LOPES, E.A.; MOREIRA, L.C.B. Aplicação de fungicidas no controle de doenças foliares na cultura do milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.11, n.1, p.95-105, 2012.

COSTA, R.V.; SILVA, D.D; COTA, L.V.; PARREIRA, D.F.; FERREIRA, A.S.; CASELA, C.R. Incidência de Colletotrichum graminicola em colmos de genótipos de milho. Summa Phytopathologica, v.36, p.122-128, 2010. http://dx.doi.org/10. 1590/S0100-54052010000200003

COTA, L. V.; SILVA, D. D.; COSTA, R. V. Helmintosporiose causada por Exserohilum turcicum na cultura do milho. Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2013. 8 p. (Circular Técnica, 195). Disponível em: http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/95096/1/circ-195.pdf. Acesso: 10 dez. 2018

CUNHA, J.P.A.R.; SILVA, L.L.; BOLLER, W.; RODRIGUES, J.F. Aplicação aérea e terrestre de fungicida para o controle de doenças do milho. Revista Ciência Agronômica, v.41, n.3, p.366-372, 2010. http://dx.doi.org/10. 1590/S1806-66902010000300007

DUARTE, J. O.; MATTOSO, M. J. ; GARCIA, J. C. Agência Embrapa de Informação Tecnológica. Árvore do conhecimento: Milho, Embrapa, 2018. Disponível em: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/milho/arvore/CONTAG01_8_168200511157.html

DUARTE, R.P.; JULIATTI, F.C; FREITAS, P.T. Eficácia de diferentes fungicidas na cultura do milho. Bioscience Journal, v.25, n. 4, p. 101-111, 2009.

ECCO, M.; ROSSET, J.S.; RAMPIM, L.; COSTA, A.C. T.; LANA, M.C.; STANGARLIN, J.R.; SARTO, M.V.M. Características agronômicas de híbridos de milho segunda safra submetidos à aplicação de fungicida. Revista Agrarian, v.7, n.26, p.504-510, 2014.

FANCELLI, A.L. Influência do desfolhamento no desempenho de plantas e de sementes de milho (Zea mays L.). 1988. 172p. Tese (Doutorado em Agronomia) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1988.

FANTIN, G.M.; DUARTE, A.P.; DUDIENAS, C.; GALLO, P.B.; RAMOS JÚNIOR, E.U.; CRUZ, F.A.; RAMOS, V.J.; FREITAS, R.S.; DENUCCI, S.; TICELLI, M. Efeito da mancha de cercospora na produtividade do milho safrinha, no Estado de São Paulo. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.7, n.3, p. 231-250, 2008.

FARIA, M.V.; MENDES, M.C.; ROSSI, E.S.; POSSATTO JUNIOR, O.; RIZZARDI, D.A.; GRALAK, E.; SILVA, C.A.; FARIA, C.M.D.R. Análise dialélica da produtividade e do progresso da severidade de doenças foliares em híbridos de milho em duas densidades populacionais. Semina: Ciências Agrárias, v.36, n.1, p.123-134, 2015. http://dx.doi.org/10. 5433/1679-0359.2015v36n1p123

FERREIRA, D.F. Sisvar: a computer statical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011. http://dx.doi.org/10. 1590/S1413-70542011000600001

GONÇALVES, M.E.M.P.; GONÇALVES JUNIOR, D.; SILVA, A.G.; CAMPOS, H.D.; SIMON, G.A.; SANTOS, C.J.L.; SOUSA, M.A. Viabilidade do controle químico de doenças foliares em híbridos de milho no plantio de safrinha. Nucleus, v.9, n.1, p.49-62, 2012.

GRIGOLLI, J.F.J. Doenças do milho safrinha. In: MELOTTO, A. M.; LOURENÇÃO, A. L. F.; GITTI, D. C.; GRIGOLLI, J.F.J. Tecnologia e Produção: milho safrinha 2015. Curitiba: Midiograf, 2016. p.101-120.

JULIATTI, F.C.; APPELT, C.C.N.S.; BRITO, C.H.; GOMES, L.S.; BRANDÃO, A.M.; HAMAWAKI, O.T.; MELO, B. Controle da feosféria, Ferrugem Comum e Cercosporiose pelo uso da resistência genética, fungicidas e épocas de aplicação na cultura do milho. Bioscience Journal, v.20, n.3, p-45-54, 2004.

KIST, B. B.; FILTER, C. F.; SANTOS, C. E. dos; CARVALHO, C. Anuário brasileiro do milho 2018. Santa Cruz do Sul: Editora Gazeta Santa Cruz, 2018. 88 p.

LAGO, F.L.; NUNES, J. Avaliação da produtividade de milho em relação à aplicação de fungicidas em diferentes estádios. Cultivando o saber, v.1, p. 17-23, 2008.

PATAKY, J.K. Relationships between yield of sweet corn and northern leaf blight caused by Exsohilum turcicum. Phytopathology, v.82, n.3, p.370-375, 1992.

SERPA, M. S.; SILVA, P.R.F. ; SANGOI, L.; VIEIRA, V.M.; MARCHESI, D.R. Densidade de plantas em híbridos de milho semeados no final do inverno em ambientes irrigados e de sequeiro. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.47, n.4, p.541-549, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2012000400010

SILVA, A.G.; FRANCISCHINI, R.; TEIXEIRA, I.R.; PAIVA, M.M. Aplicação de fungicida em híbridos de milho na safra de verão na região Central do Brasil. Magistra, v.28, n.3/4, p.379-389, 2016.

SILVA, A.G.; CUNHA JUNIOR, C.R.; ASSIS, R.L.; IMOLESI, A.S. Influência da população de plantas e do espaçamento entre linhas nos caracteres agronômicos do híbrido de milho P30K75 em Rio Verde, Goiás. Biosciense Journal, v.24, n. 2, p.89-96, 2008.

SILVA, R.R.; THEODORO, G.F.; LIBÓRIO, C.B.; PESSOA, L.G.A. Influência da densidade de cultivo de genótipos de milho na severidade da mancha de cercospora e no rendimento de grãos na ‘safrinha’. Semina: Ciências Agrárias, v.33, n.4, p.1449-1454, 2012. http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n4p1449

VILELA, R.G.; ARF, O.; KAPPES, C.; KANEKO, F.H.; GITTI, D.C.; FERREIRA, J.P. Desempenho agronômico de híbridos de milho, em função da aplicação foliar de fungicidas. Bioscience Journal, v.28, v.1, p.25-33, 2012.

Publicado
2019-04-24
Como Citar
Moterle, L. M., & dos Santos, R. F. (2019). ÉPOCA DE APLICAÇÃO DE FUNGICIDA NA CULTURA DO MILHO SEGUNDA SAFRA. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 15(2), 61-71. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2531