AVALIAÇÃO SOBRE A REDUÇÃO DA ATIVIDADE MICROBIANA NA ADUBAÇÃO ORGÂNICA E SUA INFLUÊNCIA NO CRESCIMENTO DO MILHO E RESPIRAÇÃO DO SOLO

  • Bruna Coelho Lima Unoeste
  • Fábio Fernando Araujo Unoeste

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da incorporação de matéria orgânica natural e matéria orgânica irradiada ao solo, sobre o crescimento do milho e respiração do solo. O experimento foi conduzido em casa de vegetação e laboratório de microbiologia. Para a adubação orgânica foi utilizado esterco bovino curtido retirado da fazenda de produção de leite. Para redução da atividade microbiana no esterco utilizou-se a técnica da irradiação utilizando-se o forno micro-ondas. O delineamento experimental empregado foi de blocos inteiramente casualizados contendo cinco tratamentos, com e sem irradiação e quatro repetições. Com 65 dias após a semeadura, foram feitas as avaliações da altura e massa seca de plantas. Foi também realizada a coleta de amostras de solo para a avaliação da atividade microbiana pelo método da respiração basal do solo. A aplicação do esterco natural favoreceu a maior atividade microbiana no solo quando comparada a mesma matéria orgânica esterilizada. O esterco natural promoveu o maior crescimento do milho indicando doses próximas de dez toneladas por hectare com ajuste quadrático significativo, o que não ocorreu no uso do esterco irradiado que proporcionou ajuste linear.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-01-18
Como Citar
Lima, B., & Araujo, F. (2019). AVALIAÇÃO SOBRE A REDUÇÃO DA ATIVIDADE MICROBIANA NA ADUBAÇÃO ORGÂNICA E SUA INFLUÊNCIA NO CRESCIMENTO DO MILHO E RESPIRAÇÃO DO SOLO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 14(3), 24-30. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/2529