FECALOMA GRAVE EM GATO: RELATO DE CASO

  • Amanda Gabriela Abonizio Unoeste- Universidade do Oeste Paulista
  • Amanda Senil Kalil UNOESTE
  • André Luiz Albertini Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Andressa Filaz Vieira Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Bruna Toledo Duran Foglia Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Camila Angelo Bernardi Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE
  • Camila Suezo Lima universidade do oeste paulista - UNOESTE
  • Glaucia Prada Kanashiro Universidade do Oeste Paulista-UNOESTE
  • Gustavo Manea Ferreira UNOESTE
  • Silvia Franco Andrade UNOESTE
Palavras-chave: Palavras-chave, constipação, felino, megacolon.

Resumo

É denominado fecaloma quando as fezes estão retidas e ressecadas no interior do colón. O animal pode apresentar sinais clínicos como dificuldade de defecar, vômitos, constipação, apatia, tenesmo e hematoquesia. Ocorrem com maior incidência em felinos devida seus hábitos comportamentais de higiene, principalmente pela ingestão de pelos e também pela recusa de defecação ao encontrar o local sujo. Outro fator desencadeante é a baixa ingestão de agua. O presente estudo tem por objetivo relatar o caso de um fecaloma grave em um felino macho, de nome Chuleke, RG 35866, raça S.R.D., pelagem preta, quatro anos de idade. O animal foi submetido ao procedimento cirúrgico de enterotomia e após sete meses retornou ao hospital veterinário da UNOESTE com recidiva do quadro, onde foi realizado novamente o procedimento anterior. Neste caso, foi recomendado alimentação pastosa por toda a vida, devido a sua predisposição ao fecaloma.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-07-10
Como Citar
Abonizio, A., Kalil, A. S., Albertini, A. L., Vieira, A. F., Foglia, B. T. D., Bernardi, C. A., Lima, C. S., Kanashiro, G. P., Ferreira, G. M., & Andrade, S. F. (2018). FECALOMA GRAVE EM GATO: RELATO DE CASO. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 14(2), 177-182. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/1853