HORMÔNIO DO CRESCIMENTO E SUAS IMPLICAÇÕES NO PERÍODO PÓS-PARTO DE BOVINOS

  • Adriana Junqueira UNOESTE
  • Marcos Oliveira Santos UNOESTE
  • Angelo Ricardo Garcia UNOESTE
  • Caliê Castilho UNOESTE
  • Francis Lopes Pacagnelli UNOESTE
  • Ines Cristina Giometti UNOESTE
Palavras-chave: GH, bovino, pós-parto, IGF

Resumo

O hormônio do Crescimento (GH) é um polipeptídeo envolvido no metabolismo geral do organismo de diferentes espécies de vertebrados. Este hormônio atua no crescimento corporal, na manutenção da homeostasia do organismo no período de jejum e de atividade física, na lactação e também na reprodução. Pode atuar diretamente nos órgãos ou de forma indireta por meio do fator de crescimento semelhante à insulina (IGF). O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão de literatura sobre a síntese de GH e sua regulação neuroendócrina, sobre sua atuação no metabolismo, no crescimento e na reprodução de diferentes vertebrados. Dando destaque para a espécie bovina, devido à importância do GH no período pós-parto desta espécie.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ines Cristina Giometti, UNOESTE
Ines Cristina Giometti possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade do Oeste Paulista (1999), mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria (2002) e doutorado em Medicina Veterinária [Botucatu] pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006). Atualmente é coordenadora do curso de medicina veterinária da Universidade do Oeste Paulista e professor titular da Universidade do Oeste Paulista. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Fisiopatologia da Reprodução Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: fgf, bovino, desenvolvimento folicular, bovine e follicular cells.
Publicado
2016-04-19
Como Citar
Junqueira, A., Santos, M. O., Garcia, A. R., Castilho, C., Pacagnelli, F. L., & Giometti, I. C. (2016). HORMÔNIO DO CRESCIMENTO E SUAS IMPLICAÇÕES NO PERÍODO PÓS-PARTO DE BOVINOS. Colloquium Agrariae. ISSN: 1809-8215, 11(1), 42-56. Recuperado de http://revistas.unoeste.br/index.php/ca/article/view/1088
Seção
Revisão Bibliográfica

Outros artigos do(s) mesmo(s) autor(es)